João Pessoa
Feed de Notícias

Objetivo é reduzir os custos das empresas, aumentar a competitividade e dar mais uma opção de compra

segunda-feira, 14 de junho de 2010 - 11:14 - Fotos: 
Gás natural 40% mais barato. Esta é a vantagem da ‘Venda Semanal’, uma nova modalidade de comercialização realizada pela Companhia Paraibana de Gás (PBGás), em parceria com a Petrobras. O negócio começou ser praticado em maio deste ano e será encerrado no dia 30 de setembro. É destinado a empresas do ramo industrial e de postos de combustíveis e vem beneficiando cerca de 80 empresários da Paraíba.

Como o nome sugere, a ‘Venda Semanal’ ocorre uma vez a cada sete dias. Apenas os empresários que já têm contrato de longa duração com a PBGás para aquisição do gás natural podem participar da negociação. O gerente de Tarifas, Preços, Regulação e Orçamento da PBGás, Ademar Souza Neto, explica que são os próprios clientes que dizem o quanto querem pagar pelo combustível. Para isso, eles devem formalizar os pedidos até às 18h da quarta-feira de cada semana.

Na proposta, devem conter o volume de gás natural a ser comprado e o preço que se deseja pagar por ele. A PBGás analisa o conteúdo e negocia junto a Petrobras. Se conseguir adquirir o produto ao preço sugerido pelo cliente, a companhia adquire o combustível e o repassa ao empresário. A comunicação se a proposta foi ou não aceita é feita até às 18h da sexta-feira da mesma semana.

“Essa é uma oportunidade dos clientes comprarem gás natural a preço mais barato que aquele vendido nos contratos de longa duração. O objetivo da PBGás é reduzir os custos das empresas, aumentar a competitividade entre elas e dar mais uma opção de modalidade de compra”, explicou Ademar.
 
O dono da proposta aceita ganha o direito de comprar o gás natural pelo preço baixo até por quatro semanas, que podem ser consecutivas ou não. “A nossa orientação é que os empresários façam essa economia chegar ao consumidor final, mas não podemos determinar isso. A decisão de repassar a redução para os preços é da própria empresa”, observa Ademar.

Essa nova modalidade de aquisição de gás gera uma economia que varia de 30% a 40% em relação ao preço praticado em outras formas de comercialização. Através do ‘Contrato de Compra e Venda de Gás Natural Semanal’, a PBGás consegue vender combustível com preços menores que aqueles praticados nos contratos de longo e curto prazos.

Além de convidar empresários a comprarem gás nessa nova forma de venda, a PBGás desenvolveu e distribui entre os clientes uma planilha de excel que indica a economia que a compra do gás através da ‘Venda Semanal’ pode representar para a firma.  

‘                                       

                                   Nathielle Ferreira, da Secom-PB