João Pessoa
Feed de Notícias

Objetivo é aumentar estoque de sangue para atender a demanda dos hospitais

terça-feira, 23 de novembro de 2010 - 14:08 - Fotos: 
A Hemorrede do Estado, formada por dois hemocentros e dez hemonúcleos, recebe mensalmente em média sete mil doações de sangue o que é suficiente para atender a demanda dos hospitais públicos e privados da Paraíba, durante um mês. Para garantir a regularidade do estoque e conquistar novos doadores, o Hemocentro da Paraíba está realizando a Semana Nacional do Doador de Sangue, que teve início na última segunda-feira (22) e vai até o próximo sábado (27).

De acordo a coordenadora de Ações Estratégicas do Hemocentro, Vânia Pereira, o objetivo da mobilização é conseguir mais doadores voluntários, já que a maioria das pessoas que doam sangue é para reposição, ou seja, o produto já tem um destino certo: pacientes que estão internos nos hospitais e que vão se submeter à cirurgia. “Temos que conquistar mais doadores voluntários e, assim, manter o nosso estoque regular e salvar a vida de dezenas de pessoas que todos os dias precisam do sangue para sobreviver”, disse Vânia Pereira.

A campanha começou com uma coleta externa realizada na segunda-feira (22) no Colégio Geo, na Praia de Tambaú, em João Pessoa, onde foram coletadas cerca de 30 bolsas de sangue. A programação continua nesta quarta-feira (24), com outra coleta externa. Desta vez, na Escola Sonho Encantado, no bairro de Tambay, no município de Bayeux, região metropolitana de João Pessoa.

No dia 25, quando será comemorado o Dia Nacional do Doador de Sangue, a programação será centralizada nas sedes dos Hemocentros e dos Hemonúcleos, com a distribuição de material educativo sobre a importância da doação de sangue. Essa mesma programação será realizada nos dias 26 e 27. “É muito importante a participação do doador voluntário pelo gesto de grandeza, solidariedade e cidadania que ele exerce ao doar sangue”, comentou Vânia Pereira.

Requisitos - Para ser doador, é preciso que as pessoas tenham de 18 a 65 anos, com peso acima de 50 kg, que não estejam tomando remédio controlado, não tenham ingerido bebida alcoólica até 24 horas antes da doação e estejam gozando de boa saúde. Todo o material coletado passa por exames de sífilis, HIV, hepatite B e C, entre outros, que garantam a qualidade do sangue coletado. “Não existe risco no ato de doar sangue. Todo o material é descartável e também não é necessário ficar doando sangue sempre, só porque doou uma vez”, lembrou Vânia Pereira.

Hemorrede - Os dois Hemocentros estão localizados nas cidades de João Pessoa e Campina Grande e os dez hemonúcleos  nos municípios de  Guarabira,  Picuí, Monteiro, Princesa Isabel, Patos, Piancó,  Itaporanga, Cajazeiras, Sousa e Catolé do Rocha.

Da Assessoria de Imprensa da SES/PB