Fale Conosco

8 de julho de 2009

O novo Campus da UEPB vai funcionar na microrregião do Curimataú



Em reunião ordinária presidida pela reitora Marlene Alves, o Conselho Universitário da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) aprovou por unanimidade, nesta quarta-feira (8), a criação do Campus VIII da instituição no município de Araruna, localizado na microrregião do Curimataú Oriental paraibano.

Com a criação do novo campus, a Universidade busca expandir sua atuação em todo o Estado e, especialmente, na microrregião do Curimataú que, atualmente, conta com apenas um campus universitário em Cuité, enquanto regiões como o Sertão e o Cariri já dispõem de uma melhor assistência na educação de nível superior.

Além disso, conforme entendimento dos conselheiros, a instalação do campus estará contribuindo para o desenvolvimento local, “fazendo com que a economia e o comércio da cidade e da região cresçam, já que a presença da Universidade na localidade movimentará todo o município, ampliando as possibilidades de negócios em vários setores, como o alimentício, imobiliário e outros”.

O oitavo campus da Universidade Estadual atende a uma solicitação do Governo atual, através do ofício GG/129/2009 enviado ao Gabinete da Reitoria no dia 25 de junho deste ano, e integra a política de expansão da instituição, que já funciona em Campina Grande, Lagoa Seca, Guarabira, Catolé do Rocha, João Pessoa, Monteiro e Patos.

Os detalhes para a instalação da nova unidade universitária da UEPB serão definidos através de discussões de avaliação entre uma comissão da Universidade e o Governo do Estado. A partir daí ficam estabelecidos os recursos para implantação, cursos a serem ofertados, entre outros pontos.

O local para funcionamento já existe, uma vez que o novo campus deverá ocupar o prédio construído em 2002 para abrigar o Centro de Formação do Professor da cidade, mas que não foi utilizado. Trata-se de um espaço com salas, refeitórios e vários outros ambientes já bem estruturados.

Ascom/UEPB