João Pessoa
Feed de Notícias

O Coca, localizado em Cruz das Armas, atende diariamente 80 crianças e adolescentes até 14 anos

terça-feira, 13 de outubro de 2009 - 14:54 - Fotos: 
O Centro Odontológico de Cruz das Armas (Coca) está intensificando as ações na área de odontologia infantil para comemorar a Semana da Criança. Desde a manhã desta terça-feira (13), as crianças que procuram atendimento médico no Coca estão tendo uma atenção especial. Por dia, o Centro atende cerca de 80 crianças e adolescentes na faixa etária de 2 a 14 anos, nos três turnos. Durante esta semana, a previsão é que esse número aumente em até 50%.

Os dois consultórios de Odontopediatria e o escovódromo foram decorados com balões, cartazes e desenhos, alertando sobre os cuidados para uma boa saúde bucal. As crianças que passarem por esses locais, além de receber atendimento odontológico e de aprenderem a forma correta de escovar os dentes e quantas vezes essa limpeza deve ser feita por dia estão ganhando brindes.

A chefe do setor de Odontologia do Coca, Alice Villar Aquino de Carvalho, explicou que o trabalho preventivo e educativo é feito todos os dias, mas que esta semana as ações estão sendo intensificadas com objetivo de atingir o maior número de crianças.  Para isso, pais e mães que estão procurando atendimento no Centro estão sendo orientados a trazer os filhos.

Esta semana, durante o tempo em que as crianças estiveram esperando para serem atendidas, elas poderão participar de atividades de desenho e pintura e de brincadeiras, sempre com foco para a saúde bucal.  “Temos que mostrar que a prevenção é o melhor caminho para se ter uma boa saúde bucal. Durante esta semana essas ações serão intensificadas”, disse a diretora do Coca, Kilza Ribeiro Alves de Freitas Paixão.

Além das crianças, as mães também estão sendo alertadas e orientadas a ajudar os filhos a escovar corretamente os dentes e assim prevenir o mau hálito, cáries, infecções e outros problemas relacionados com a saúde bucal.  “Se a criança aprender a se cuidar, com certeza, quando for adulta, não enfrentará problemas bucais”, afirmou a diretora do Coca.

Da Assessoria de Imprensa da SES/PB