João Pessoa
Feed de Notícias

O ano de 2009 fechou com uma redução de 88,56% no número de casos confirmados da doença, na Paraíba,

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010 - 16:07 - Fotos: 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lança, na próxima terça-feira (26), o Plano Estadual de Contingência para Situações de Epidemia de Dengue, com vigência para este ano de 2010.  A solenidade está marcada para as 08h30, no Hotel Ouro Branco, na Praia de Tambaú, em João Pessoa, e deverá contar com a participação de secretários municipais de saúde, prefeitos, diretores de hospitais, gerentes regionais de saúde, secretários estaduais e de Educação, Meio Ambiente, Infraestrutura e Recursos Hídricos, Ministério Público e outros.

O documento foi aprovado pela Comissão Intergestores Bipartite da Paraíba (CIB).
A chefe do Núcleo de Doenças Transmissíveis por Vetores da SES, Gisele Aversari, explicou que o plano  foi construído com a participação  das áreas técnicas de  Gestão, Controle Vetorial, Vigilância Epidemiológica, Assistência, Comunicação e Mobilização Social e Financiamento e tem como objetivo reduzir a ocorrência de casos e óbitos por dengue numa situação de epidemia.

A partir deste plano, a SES pretende intensificar as ações de prevenção e controle da dengue; garantir assistência aos casos, com a finalidade de reduzir a letalidade da doença; garantir insumos estratégicos necessários para terapia hematológica da dengue grave; reforçar o processo de capacitação da atenção básica e hospitalar; intensificar as ações de monitoramento e avaliação; fortalecer a articulação das diferentes áreas e serviços, visando à integralidade das ações para enfrentamento da dengue e intensificar as ações de comunicação e mobilização social.

Dengue na Paraíba – O ano de 2009 fechou com uma redução de 88,56% no número de casos confirmados da dengue na Paraíba, em comparação ao ano anterior. Até a 52ª semana epidemiológica, que terminou no dia 2 de janeiro, foram registrados 959 casos da doença, sendo dois casos de dengue com complicação, oito de febre hemorrágica e um óbito. Em 2008, 8.385 paraibanos foram infectados pelo mosquito Aedes aegypti, sendo que 52 tiveram dengue com complicação, 62 febre hemorrágica e cinco morreram.

De acordo com o gerente operacional de Vigilância Ambiental da SES, Nilton Guedes, apesar de a dengue ter permanecido sob controle durante todo o ano passado, as medidas de prevenção e as ações de saúde não podem ser esquecidas durante este ano, para evitar que novos casos apareçam.  “A Secretaria de Estado da Saúde vai continuar intensificando o trabalho preventivo para manter a doença sobre controle no Estado e mais uma vez esperamos contar com a parceria dos 223 municípios paraibanos”, disse.

Nilton Guedes afirmou que a redução do número de casos em 2009 deve-se à realização das diversas ações de saúde e educação e as medidas preventivas tomadas pelo Governo do Estado, em parceria com os municípios e a população. O reforço no trabalho de campo com o acompanhamento dos casos, a identificação e destruição dos focos, o mapeamento das áreas de risco e a descentralização do fumacê para as quatro macrorregionais de saúde também contribuíram para que a dengue permanecesse estável em 2009. Nilton Guedes disse também que para manter a dengue sob controle este ano além das ações preventivas e educativas é necessário melhorar as visitas domiciliares dos agentes de saúde.

 

 Assessoria de Imprensa da SES/PB