João Pessoa
Feed de Notícias

Nunca se construiu tanto na PB e em tão pouco tempo, diz Frade

quinta-feira, 5 de novembro de 2009 - 18:57 - Fotos: 

O diretor superintendente da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado da Paraíba (Suplan), Gilson Frade, fez um levantamento de todas as obras que estão em andamento no Estado e constatou: nunca se construiu tanto na Paraíba e em tão pouco tempo. Segundo ele, nesta nova gestão do governador José Maranhão todos os municípios paraibanos estão sendo contemplados com obras. “Estamos trabalhando dia e noite para dar conta da demanda”, destacou.

Atualmente, existem mais de 250 obras em andamento, em licitação ou a licitar, no Estado. Só na construção de 19 escolas, estão sendo investidos mais de 18 milhões de reais. Na área da saúde, o Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, passa por ampliação e reforma. O mesmo acontece com o setor de Radioterapia do Hospital Napoleão Laureano, também na Capital. Em Campina Grande, a construção do Hospital de Trauma já é uma realidade. Mais sete hospitais estão em licitação e outros três vão ser licitados ainda este ano.

Saneamento e pavimentação – O Governo do Estado também tem se empenhado em obras de drenagem e pavimentação de ruas. Só no Bairro do Bessa, na Capital, 47 ruas estão sendo beneficiadas. Além da construção de mais de 1.700 metros de canais. 

“O problema do Bessa era antigo. Há muito tempo os moradores do bairro reivindicavam melhorias nas ruas e, por isso, estamos tentando concluir essas obras o mais rápido possível”, enfatizou o diretor técnico da Suplan, Alberto da Matta. Além do Bessa, outros 18 bairros da Capital recebem os benefícios da drenagem e a pavimentação de ruas.
Turismo – No setor turístico está um dos investimentos mais esperados dos últimos 20 anos: a construção do Centro de Convenções de João Pessoa. A obra custará 105 milhões de reais. São 342 mil metros quadrados de construção, em uma área de 22 hectares, que faz parte do Pólo Turístico Cabo Branco.

O complexo será dividido em quatro blocos e terá torre/mirante, restaurante, espaço para feiras e exposições, além de um teatro/auditório com três mil assentos e central de congressos. A construção do Centro de Convenções de João Pessoa vai permitir a realização de grandes eventos, atrair investimentos empresariais e gerar milhares de empregos diretos e indiretos.

Mais obras – O superintendente da Suplan também destacou que as obras em andamento no governo anterior não foram paralisadas. “Essa foi uma determinação do governador José Maranhão para que a população não fosse prejudicada”, ressaltou Frade.

Ele explicou ainda que para a continuidade dessas obras foram necessários muitos ajustes em projetos e planilhas orçamentárias. Algumas tiveram, inclusive, que ser novamente licitadas. Isso, segundo Gilson Frade, paralisou temporariamente alguns serviços, mas todas as providências foram tomadas para que pudessem ser levados adiante. “Até o final desta gestão, teremos uma nova Paraíba”, concluiu Gilson Frade.

 

Karine Tenório, da Assessoria de Imprensa da Suplan