João Pessoa
Feed de Notícias

Número de homicídios é menor em janeiro

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013 - 18:34 - Fotos:  Kleide Teixeira / Secom-PB

O número de homicídios na Paraíba caiu 9.4% em janeiro deste ano, comparado a janeiro de 2012. Foram assassinadas 135 pessoas, sendo oito mulheres e 127 homens. Em janeiro de 2012 os homicídios somaram 149. Os dados foram apresentados nesta terça-feira (5), em reunião do Comitê de Monitoramento de Gestores de Segurança e Defesa Social do Estado, realizada no auditório do Ministério Público Estadual, presidida pelo governador Ricardo Coutinho e com a presença do procurador geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho.

Nas regiões polarizadas por Picuí, Soledade, Monteiro, Princesa Isabel e Itaporanga também não houve assassinato. O município de Bayeux não registrou em janeiro nenhum homicídio. Um dos fatores foi a parceria das polícias com a Promotoria da Comarca de Bayeux, que fechou algumas casas noturnas e limitou o horário de funcionamento. Muitos crimes aconteciam de madrugada.

“O resultado em Bayeux é inédito. O trabalho do nosso comando, junto com o promotor da cidade, conseguiu reduzir a zero o número de homicídios”. Ricardo Coutinho revelou que a política de segurança pública é uma política de Estado, por isso a necessidade da articulação de esforços conjuntos. 

João Pessoa – O desafio das forças de segurança pública é reduzir a criminalidade nas cidades de João Pessoa, Cabedelo e região de Catolé do Rocha, que apresentaram crescimento no número de homicídios.  Na capital, em janeiro passado, ocorreram 64 homicídios, dos quais 31 na zona norte. Em janeiro de 2012, tinham sido 52 assassinatos, e 48 em janeiro de 2011. Cabedelo registrou em janeiro deste ano cinco homicídios.

Sobre o crescimento dos assassinatos em João Pessoa, o governador recomendou ao secretário de Segurança e Defesa Social, Claudio Lima, estudos e ações objetivando reduzir a criminalidade.  “Nós vamos aprender muito nessa caminhada e essa comunhão de esforços vai fazer com que a Paraíba possa vencer o crime, vencer o medo e construir uma cultura de paz”, afirmou.

O procurador Oswaldo Trigueiro ressaltou a importância do trabalho com planejamento na área de segurança pública. Ele participou recentemente de um encontro promovido pelo Banco Mundial e ouviu do secretário da Reforma do Judiciário os números positivos da Paraíba, em termos de investimento em segurança pública. 

Estatísticas – Os números de armas de fogo apreendidas no Estado em janeiro dos últimos três anos são os seguintes: 150 armas em 2011, 254 em 2012 e em janeiro passado 227 armas.

A Operação Lei Seca realizou entre de 1 de janeiro a 4 de fevereiro deste ano 1.985 testes, 456 notificações, apreendeu 171 veículos, encaminhou 45 pessoas a delegacias, recolheu 152 carteiras de habilitação e constatou embriaguês de 180 motoristas.