João Pessoa
Feed de Notícias

Número de bandas marciais das escolas estaduais quase triplica nos desfiles cívicos deste ano

sexta-feira, 4 de setembro de 2015 - 11:15 - Fotos:  Secom-PB

Cerca de sete mil alunos da Rede Estadual de Ensino integram as bandas marciais que se apresentam durante os desfiles cívicos deste ano, nas comemorações da Semana da Pátria, por toda a Paraíba. Serão 100 grupos de metais e percussão, sendo que a maioria vai fazer a estreia agora, depois dos investimentos do Governo do Estado na ordem de R$ 3 milhões. Em 2014, 35 bandas de escolas estaduais desfilaram em alusão à Independência do Brasil.

De acordo com o gerente de bandas escolares e do Prima, da secretaria de Estado da Educação (SEE), Júlio César Ruffo, os grupos receberam vários instrumentos, como: tuba, bombardino, trompete, flugelhorn e trombones. “Isso estimulou, ainda mais, os alunos, que ensaiaram com muita dedicação para o desfile deste ano”, disse, ressaltando que as escolas de todas as regionais de ensino vão ter banda marcial.

No ano que vem, outras 100 bandas vão beneficiar outras escolas estaduais. “Serão 50 bandas marciais e outras 50 de música”, revelou o gerente Júlio Ruffo. A diferença é que as marciais possuem os metais e a percussão, já as de música têm tudo isso, além de outros instrumentos, entre eles: clarinete, flauta, flautim, sax. Nem terminamos os desfiles deste ano e já pensamos em 2016”, explica Ruffo.

Trabalho pedagógico – As bandas marciais resgatam a tradição dos desfiles cívicos, mas também estimulam o desempenho dos estudantes em sala de aula. Segundo o gerente de bandas escolares e do Prima, Júlio Ruffo, para integrar as bandas, os alunos precisam ter notas acima da média e muitos que não iam bem na escola, hoje mostram que viraram o jogo. “Vários alunos que tiravam notas vermelhas, antes de participarem das bandas, chegam e mostram um boletim bem diferente, com notas dentro ou acima da média escolar. Isso nos enche de orgulho”, finaliza o gerente.