Fale Conosco

20 de novembro de 2012

Número de atendimentos no Procon aumenta 9,31% em 2012



Procon PB_fachada_1wr Foto: Walter Rafael/Secom-PB

O Procon Estadual da Paraíba (Procon-PB) divulgou nesta terça-feira (20) o número de atendimentos registrados entre 1º de janeiro e 19 de outubro deste ano.  Foram  realizados 11.627 atendimentos a consumidores. Em comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram registrados 10.636 atendimentos, houve um crescimento de 9,31%. Na liderança dos principais atendimentos estão os assuntos financeiros (4.564), seguidos dos serviços essenciais, a exemplo de água, energia e telefone (3.155) e de problemas com produtos (2.583). Em 2011, a maior parte dos problemas dos consumidores também estava relacionada aos assuntos financeiros, envolvendo casos de cobrança indevida ou abusiva.

Para a secretária executiva do Procon-PB, Klébia Ludgério, o consumidor tem se tornado mais consciente de seus direitos. “O consumidor está indo em busca de seus direitos e nós trabalhamos sempre para atender às demandas trazidas. Entre 2011 e 2012, aumentamos nosso número de atendentes, firmamos convênios com universidades para garantir que estudantes do curso de Direito atuem em nossos setores de atendimento e frequentemente realizamos cursos de treinamento e capacitação”, ressaltou.

Considerando apenas as demandas levadas ao Procon-PB entre os meses de janeiro e outubro (11.052), o órgão está realizando uma média mensal de 1.105 atendimentos em 2012. No ano passado, até o mês de outubro, esta média era de 985 atendimentos por mês.

Campanhas – Para levar mais conhecimento à população e formar consumidores mais conscientes de seus direitos, que exijam mais e registrem suas demandas nos órgãos competentes, o Procon-PB desenvolve projetos permanentes e campanhas pontuais de orientação aos consumidores.

Entre as ações permanentes, está o projeto “Jovem Consumidor: o Procon nas Escolas’ que leva palestras sobre os direitos básicos dos consumidores a alunos da rede pública na Paraíba. O agendamento das palestras pode ser realizado diariamente, das 8h às 12h, através do telefone 3218-5264. Associações de bairro e fornecedores interessados em receber palestras e treinamentos sobre a legislação consumerista também podem fazer o agendamento através desse mesmo telefone.