João Pessoa
Feed de Notícias

Novo site do Artesanato Paraibano será lançado nesta segunda-feira

sábado, 24 de maio de 2014 - 12:18 - Fotos:  Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho e a primeira-dama Pâmela Bório lançam nesta segunda-feira (26), às 10h, no Palácio da Redenção, o novo portal do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), que foi totalmente reformulado para garantir melhor informação e interação com o público e com os próprios artesãos.

De acordo com a coordenadora do PAP, a jornalista Pâmela Bório, o site oficial será um suporte não só de divulgação da arte paraibana, mas também servirá como canal de comunicação entre os artesãos e os lojistas, decoradores, estilistas, enfim, compradores interessados nas peças.

“A plataforma do PAP será uma ferramenta importante que informará as tipologias, características das modalidades, peculiaridades do nosso artesanato, além de disponibilizar os contatos dos artesãos e suas determinadas especificações para quem quiser conhecer ou realizar encomendas. Trata-se de um vetor cultural que ainda favorecerá o turismo, pois visitantes reconhecerão um traço da Paraíba de resgate de tradições e o dinamismo da cadeia produtiva dessa importante atividade econômica do estado”, explicou a primeira-dama.

O novo portal (www.artesanato.pb.gov.br) foi desenvolvido pela Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata). Segundo o presidente da Codata, Krol Jânio, o trabalho durou três meses e o resultado final é um layout moderno e com ferramentas de interatividade e conectado às redes sociais. “Nossa ideia foi criar um site com perfil mais atual, com a cara do artesão. Mesmo sendo um portal institucional, o Programa de Artesanato remete à criatividade, à arte, à magia das peças, por isso o formato da página é mais ‘clean’ e inovador”, explicou.

Ainda conforme Krol Jânio, o site estará ‘linkado’ com a fanpage do PAP no Facebook, de forma que tudo que for publicado na rede social será replicado no portal.

A gestora do PAP, Ladjane Barbosa, lembra que o antigo site do Programa estava fora do ar. Portanto, a retomada da ferramenta representa mais uma grande vitória para os artesãos. “O artesanato de uma região pode contar a história de um povo, além de preservar suas tradições e identidade cultural. A matéria-prima se transforma pelas mãos talentosas do artista e se converte nas peças que haverão de representar seu povo, sua crença e sua cultura. É com este espírito que o programa de incentivo ao artesanato lança o site do programa, mais um avanço para o artesão que, através desta ferramenta importante, vem divulgar e aproximar os interessados, estimulando e gerando emprego e renda para os artesãos paraibanos”, disse.

Criado em 2003, o Programa de Artesanato da Paraíba cresceu e hoje já beneficia 6.352 artesãos cadastrados, oriundos de 110 municípios do Estado. O programa atua tanto no artesanato contemporâneo das zonas urbanas, quanto no de raízes, em zonas rurais e comunidades indígenas e quilombolas, elevando a autoestima do artesão, e amplia as possibilidades de geração de trabalho e renda, através de ações que promovam o desenvolvimento sustentável do setor, baseado nos princípios do comércio justo.