Fale Conosco

30 de agosto de 2017

Novo sistema de rádio comunicação digital da Segurança Pública chega à região de Campina Grande em setembro



seds novo sistema de radio da policia chega em cg 1 270x191 - Novo sistema de rádio comunicação digital da Segurança Pública chega à região de Campina Grande em setembroA segunda etapa do sistema de rádio comunicação digital adquirido pelo Governo do Estado para as Forças de Segurança da Paraíba está em fase final de implementação. A expectativa é que, até a primeira quinzena do mês de setembro, toda a região de Campina Grande esteja coberta pela tecnologia que representa um investimento de R$ 33 milhões e já está funcionando na grande João Pessoa, assim como nos litorais sul e norte paraibanos.

De acordo com o secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, os equipamentos da Motorola Solutions do Brasil estará proporcionando às Polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Sistema Penitenciário e Departamento Estadual de Trânsito (Detran) uma comunicação segura e de qualidade, com cobertura de 90% do território paraibano até o fim deste ano. “Nesta segunda fase, serão mais nove antenas instaladas e 30 municípios abrangidos pela tecnologia, que permite o desenvolvimento de diversas aplicações, como a utilização de GPS, dispondo da localização exata dos terminais, tanto no caso de viaturas, como de rádios de mão”, explicou o secretário.

Na primeira fase de implantação, foram cobertos pelo novo sistema de rádio comunicação digital 26 municípios, beneficiando uma população superior a 1,2 milhão. Ao término das instalações, serão 40 antenas (sítios de repetição) instalados em território paraibano, recebendo e distribuindo informações para 5.600 rádios, entre portáteis, móveis e fixos. As mensagens de áudio e texto serão protegidas por criptografia, impedindo que terceiros tenham acesso à comunicação efetuada entre as polícias.

“Tivemos muitos desafios, todos superados, e estamos saindo de uma realidade analógica para a digital. Este é o maior investimento do Governo do Estado em Segurança Pública nos últimos anos e envolve uso de uma tecnologia de ponta e robusta, chamada Tetra, utilizada em países da Europa, como Alemanha, França e Espanha. A fabricação, inclusive, é alemã. O objetivo é fazer com que as forças de segurança possam se comunicar de maneira mais ágil e segura, o que reflete em uma melhor prestação de serviço à população”, destacou Cláudio Lima.