Fale Conosco

11 de junho de 2012

Novo equipamento da CDRM inicia perfuração de poços nesta 3ª em CG



A perfuratriz rotopneumática, adquirida recentemente pelo Governo do Estado,  vai abrir o primeiro poço nesta terça-feira (12), a partir das 9h, no 2º Batalhão de Bombeiros Militar, sediadoem Campina Grande, na avenida Marechal Floriano Peixoto. Será uma demonstração de como o moderno equipamento funcionará na perfuração de 90 poços artesianos por mês, um aumento de um para três poços perfurados por dia.. A capacidade para perfuração é de até180 metrosde profundidade. O conjunto de equipamentos custou R$ 750 mil, cujos recursos são oriundos do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza – Funcep.

O Governo do Estado adquiriu a perfuratriz por meio da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Minerais da Paraíba (CDRM), visando garantir água para consumo humano e animal na zona rural da Paraíba. O equipamento inclui o caminhão, um compressor e outras peças. A nova perfuratriz vai aumentar a capacidade de produção da CDRM de 30 para 90 poços/mês, no atendimento à demanda, principalmente na região do semiárido paraibano.

O presidente da CDRM, Geraldo Nobre, revela que no plano emergencial, por conta da estiagem em 195 municípios paraibanos, serão recuperados ou desobstruídos 800 poços artesianos públicos. Para esta operação vão ser aplicados R$ 3,1 milhões, valor já aprovado pelo Ministério da Integração com a primeira parcela a ser liberada esta semana.

Os poços apresentam problemas como obstrução, recuperação de cata-vento, eletrobombas, recuperação de tubulações, dentre outros. O plano emergencial tem o prazo de 180 dias, a mesma duração dos decretos de situação de emergência dos 195 municípios. Caso seja necessário, o programa de perfuração de poços continuará no semi-árido paraibano, inclusive abrindo novos poços artesianos, disse Geraldo Nobre, adiantando que, desde meados do ano passado, a CDRM já está perfurando poços por meio de ações do Projeto Cooperar e do Funcep.  Entre poços públicos e particulares a Paraíba conta hoje com mais de 13 mil unidades.

Quando a atual gestão assumiu em janeiro de2011, aCDRM só tinha duas perfuratrizes quebradas, que já foram recuperadas. Agora, com a nova máquina, são três equipamentos perfurando poços na Paraíba. O Governo do Estado também vai investir na aquisição de dessalinizadores.