João Pessoa
Feed de Notícias

Novembro Azul: SES-PB realiza palestra sobre saúde do homem para servidores da CBTU

terça-feira, 29 de novembro de 2016 - 17:25 - Fotos:  Ricardo Puppe/Secom Pb

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), por meio da Área Técnica de Saúde do Homem, ofereceu, na manhã desta terça-feira (29), uma palestra de caráter preventivo e educativo sobre a saúde do homem, em especial sobre o câncer de próstata, aos servidores da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), no Centro de João Pessoa. O evento integra as atividades programadas para o Novembro Azul, iniciadas no dia 1º e que seguem até o final do mês.

“Recebemos na semana passada o convite da CBTU, que sinalizou o interesse pela palestra sobre saúde do homem para os funcionários. Nós aceitamos prontamente por julgarmos importante aproveitar o Novembro Azul para discutir com o máximo de homens possível o incentivo ao autocuidado e a adoção de hábitos saudáveis”, informou o coordenador da Área Técnica da Saúde do Homem na SES-PB, Hélio Soares.

Vários assuntos pertinentes à saúde do homem foram abordados durante o encontro. “Conversamos sobre os cuidados com o corpo, sobre as doenças sexualmente transmissíveis, doenças prevalentes como infarto agudo do miocárdio, pressão alta e diabetes”, elencou.

O câncer de próstata também entrou em pauta de discussão. “Ainda existe um sério tabu no que diz respeito ao exame de toque que identifica o câncer de próstata. Achamos importante trazer estes assuntos, especialmente porque os servidores da CBTU estão em contato direto diariamente com o público e podem ser multiplicadores dos conhecimentos sobre o autocuidado”, comentou Hélio.

De acordo com a assistente social da CBTU, Tamyris Leandro, a instituição tem muitos homens no quadro de funcionários. “Historicamente, o cuidado com a saúde é esquecido pelos próprios homens. Trazer esta temática para dentro da CBTU é de extrema importância para que os nossos servidores sejam sensibilizados a cuidar mais de si mesmos. Mesmo que estejamos no final do mês de novembro, fica o nosso alerta para manterem os cuidados nos demais meses do ano”, disse ela.

O gerente de planejamento de engenharia da CBTU, Cláudio Piccoli, participou do evento e confessou que não cuida da saúde regularmente. “Os homens ainda têm preconceito do exame de toque e, de maneira geral, se cuidam pouco, se compararmos com as mulheres. Culturalmente, nos achamos mais fortes, e nos preocupamos menos com a saúde, o que é um erro. Uma palestra como essa nos faz pensar mais sobre nossa saúde e nos estimula a buscar serviços, além de aplicar os conhecimentos na nossa rotina”, comentou.

Encerramento – A solenidade de encerramento das atividades do Novembro Azul acontecerá nesta quarta-feira (30), às 10h, na sede da Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), no bairro da Torre, em João Pessoa. Participarão do evento, representantes do gabinete da SES-PB, da Área Técnica da Saúde do Homem e da Gerência Executiva de Atenção à Saúde.

Na oportunidade, será feita uma retrospectiva das ações realizadas durante o mês de novembro, incentivando os homens a cuidarem mais da saúde em todos os meses do ano.

Novembro Azul – O movimento surgiu na Austrália, em 2003, chamado Movember, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado a 17 de novembro. No Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque, e obteve ampla divulgação.

As doenças que mais afetam os homens no país são: infarto agudo do miocárdio, fatores externos (acidentes/violência por arma de fogo ou arma branca), diabetes mellitus, pneumonia, acidente vascular cerebral hemorrágico, neoplasia maligna da próstata, neoplasia maligna dos brônquios e dos pulmões, neoplasia maligna do estomago, neoplasia maligna do fígado e vias biliares intra-hepáticas, e neoplasia maligna da cavidade oral/traqueia, brônquio e pulmão.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres. Sua taxa de incidência é cerca de seis vezes maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

Segundo dados da Gerência Operacional de Resposta Rápida da SES-PB, as neoplasias que mais causaram mortes em homens na Paraíba no ano de 2015 foram: Câncer de próstata (322 óbitos), Câncer de brônquios/pulmões (217 óbitos), Câncer de estômago (163 óbitos), Câncer de vias biliares intra-hepáticas (106 óbitos), Câncer de pênis (10 óbitos) e Câncer de testículo (03 óbitos). Quanto às causas gerais de óbitos de homens na Paraíba no mesmo ano, o infarto agudo do miocárdio foi o que mais matou, com 1.263 óbitos.

“Para que ocorra a diminuição da mortalidade do homem, é primordial o incentivo à adoção de hábitos de vida saudáveis, bem como o autocuidado. Neste sentido, a população deve procurar as Unidades de Saúde da Família dos seus municípios para a realização dos exames preventivos”, concluiu Hélio Soares.