Fale Conosco

8 de agosto de 2012

Nova delegada geral é destaque em encontro nacional de delegadas



A nova delegada geral da Polícia Civil  Ivanisa Olímpio e seis delegadas da mulher da Paraíba participam desde terça-feira (7), em Brasília, do Encontro Nacional das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher, que tem como tema “O Papel das Delegacias no Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres”.

Ivanisa Olímpio foi apresentada aos participantes do encontro e bastante aplaudida por ser a primeira mulher a ocupar a função de delegada geral da Polícia Civil na Paraíba. Ela assume o cargo também com o compromisso de avançar no combate aos crimes contra a mulher e melhorar o atendimento especializado em todo o Estado. Antes de ser escolhida para chefiar a Polícia Civil, foi coordenadora de todas as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM) da Paraíba.

Também representou o Estado no evento a Secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Iraê Lucena. Durante o encontro estão sendo discutidos temas relacionados ao atendimento às mulheres, formas de violência e a investigação policial, em especial nos casos de homicídios, violência sexual e tráfico de mulheres.

“Está sendo bastante proveitoso, uma vez que estamos tendo a oportunidade de interagir com as demais delegacias e trocarmos experiências que nos ajudem a melhorar nossa atuação no combate à violência contra a mulher na Paraíba”, destacou a nova delegada geral, empossada no cargo na última sexta-feira(3).

 

Sobre o evento – O encontro é organizado pela Secretaria de Políticas Para as Mulheres da Presidência da República (SMP-PR) e pelo Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública, e faz parte das comemorações dos seis anos da Lei 11.340, de 2006, conhecida como Lei Maria da Penha, que cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher.

O evento também faz parte da estratégia de alcance das metas do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher de cobrir 10% dos municípios brasileiros com serviços especializados à mulher em situação de violência e aumentar em 30% a quantidade dos serviços em todo o país.