Fale Conosco

2 de julho de 2015

Nova coordenação de teatro da Funesc promove diálogo com classe artística



A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), por meio da Coordenação de Teatro, realiza na próxima terça-feira (7) um diálogo com a classe teatral da Paraíba com o intuito de ouvir e debater demandas do segmento, bem como captar sugestões que possam ser aplicadas em projetos e ações desenvolvidos pela Fundação.

A reunião, que ocorre às 15h, no auditório 4 do mezanino 1 da Funesc, é aberta a todos os profissionais da área e demais interessados. Na oportunidade, também será apresentada a nova coordenadora de Teatro da Funesc, a atriz Suzy Lopes, que passa a conduzir as ações do segmento na Funesc a partir deste mês. A reunião também conta com a participação da diretora de desenvolvimento artístico e cultural da Funesc, Renata Mora. Além dela, a Funesc pretende realizar reuniões com a classe teatral em outras cidades paraibanas, para que mais municípios trabalhem em parceria com a Fundação.

Com 20 anos de experiência teatral, Suzy Lopes pretende estreitar o diálogo e parceria com a classe artística. “Estou muito feliz com o convite e empolgada. Reconheço o desafio que é auxiliar no desenvolvimento de ações e projetos em benefício do teatro paraibano, mas estou aberta à comunidade artística que quiser propor e pensar junto com a gente, por isso é importante que nossos colegas do teatro participem desse diálogo, que atendam a esse chamado da Funesc”, comentou Suzy.

Sobre projetos já em andamento, como as oficinas e os cursos de teatro, que a cada edição alcança maior número de interessados, chegando a mais de 300 inscritos em 2015, a nova coordenadora afirma que dará todo o suporte necessário para o bom andamento do trabalho. “Pretendemos continuar a condução dos projetos existentes na Funesc, pois eles já apresentam um resultado extremamente positivo na sociedade, e trabalharemos para ir mais longe com essas ações, pensando novas etapas”, adiantou.

Suzy Lopes tem bacharelado de teatro pela UFPB, é mestranda em literatura e interculturalidade na UEPB. Trabalha como atriz há 20 anos e é participante ativa dos movimentos artísticos da cidade. Há 10 anos produz o sarau poético que acontece mensalmente no Café Empório, em João Pessoa.