Fale Conosco

15 de dezembro de 2016

No Rio de Janeiro: Governo da Paraíba discute balizamento do Porto de Cabedelo



Gestores e técnicos do Governo da Paraíba participam no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (15), a partir das 14h30, de reunião para tratar de assuntos relativos ao instrumento contratual firmado entre a Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento da Paraíba (Suplan) e a Empresa Gerencial de Projetos Navais (Emgepron), referente à sinalização náutica do Porto de Cabedelo. O encontro será na sede da Emgepron, empresa contratada para executar a obra. A presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, gestora do Porto de Cabedelo, também participará da reunião.

Também confirmaram presença, a superintendente da Suplan, Simone Guimarães; o comandante Almeida, da Emgepron; além de Dilton Rodrigues, jurídico da Companhia Docas e Gilka Spinelly, da Suplan.

O governador Ricardo Coutinho assinou no primeiro semestre deste ano a ordem de serviço para o fornecimento e implantação de novos equipamentos de sinalização náutica e retirada dos equipamentos existentes no canal de acesso e bacia de evolução do Porto de Cabedelo.

Gilmara Temóteo destacou a importância da renovação de toda a sinalização náutica. “É uma obra de fundamental importância, haja vista que por mais de dez anos os navios não podem trafegar no canal de acesso do Porto, e com a implantação destes novos equipamentos a Capitania dos Portos irá liberar para que o Porto de Cabedelo possa receber navios em qualquer horário”.

A presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, e a Superintendente da Suplan, Simone Guimarães, na ocasião, também assinaram a ordem de serviço no valor de aproximadamente R$3 milhões, recurso advindo dos governos estadual e federal.

A Emgepron é uma empresa pública criada em 1982, vinculada ao Ministério da Defesa, por meio do Comando da Marinha do Brasil. Suas principais finalidades são executar projetos de interesse da Marinha do Brasil, além de promover a indústria naval brasileira; gerenciar projetos, e atuar em serviços oceanográficos e apoio logístico.