Fale Conosco

8 de setembro de 2009

No encontro, foram debatidas execução de obras e retomada de serviços importantes para a população



O governador José Maranhão reuniu na manhã desta terça-feira (8), no Jardim Botânico de João Pessoa, secretários de Estado e assessores para discutir e avaliar o trabalho que vem sendo realizado na sua gestão, como a execução de obras e o restabelecimento de serviços importantes para uma boa prestação de contas à população.

De acordo com o governador, foram discutidos serviços como o realizado na Casa da Cidadania, a conservação da malha rodoviária do Estado, além de serviços na Segurança Pública. “Discutimos dentro dos critérios das prioridades, o nível de execução desses projetos e da execução orçamentária em geral”, explicou.

Com relação à questão da implantação do Pólo Turístico do Cabo Branco, o secretário da Infraestrutura, Francisco Sarmento, informou que a solução das pendências que embargavam o Pólo foi conseguida há dez dias e todas as remanecentes solucionadas. De acordo com o secretário, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) fez uma vistoria final na área e emitiu um parecer técnico solucionando o embargo. “Da perspectiva ambiental, essa pendência era a única perdurando, foi levantada e agora as questões relacionadas com o Pólo serão discutidas por uma comissão integrada por componentes a serem nomeados pelo governador”, disse.

Já o governador Maranhão ressaltou que o Pólo está inteiramente destravado, as coisas vão convergir para resultados positivos, como a liberação da construção do Centro de Convenções. “Esta semana vamos anunciar a ordem de serviço para começar imediatamente as obras, um equipamento que vinha sendo anunciado há seis anos e agora vai entrar no plano real”, previu.

A reunião teve ainda a participação dos secretários de Estado da Educação, Sales Gaudêncio; da Saúde, José Maria; Casa Civil, Marcelo Weick; Finanças, Marcus Ubirantan; Administração, José Fernandes; Comunicação, Lena Guimarães; Controladoria Geral, Elson Pessoa, além do presidente da Cehap, Carlos Mangueira e o superintendente da Suplan, Gilson Frade.

Mônica Nóbrega, da Secom-PB