João Pessoa
Feed de Notícias

Nando Cordel é a atração do próximo Sete em Ponto

sexta-feira, 9 de outubro de 2009 - 09:37 - Fotos: 

O cantor e compositor pernambucano Nando Cordel será a principal atração do projeto "Sete em Ponto" do Espaço Cultural, neste mês de outubro. O show está marcado para o dia 22 e será aberto pelo cantor paraibano Kennedy Costa.

O "Sete em Ponto" é uma das novidades da nova administração da Fundação Espaço Cultural (Funesc). O projeto estreou no mês passado com o baiano Moraes Moreira e o perambucano Adilson Medeiros. Os shows acontecem sempre a partir das 19 horas.

Nando Cordel é um velho conhecido do público local, que o acompanha nesses 25 anos de carreira. Como intérprete, lançou aproximadamente 25 discos e uma coleção de 12 CDs dedicados a músicas instrumentais para meditação e relaxamento. Entre sua discografia, ainda há um álbum de chorinho e um DVD acústico, gravado ao vivo e lançado em 2007.

O talento do carismático pernambucano foi reconhecido por intérpretes importantes da música brasileira, como Maria Betânia, Elba Ramalho, Zizi Possi, Dominguinhos, Fafá de Belém, Ivete Sangalo, Chico Buarque e Fagner, que gravaram, pelo menos, uma composição dele.

Das mais de 500 músicas gravadas, muitas fizeram parte de trilhas sonoras de filmes, como 'Xuxa e os Duendes', e novelas da Rede Globo como 'Tropicaliente', 'Caras e Bocas', 'Pedra sobre Pedra' e 'Roque Santeiro', entre outras. Alguns dos sucessos que o público não esquece são "Isso aqui tá bom demais", "Gostoso demais" e "De volta pro aconchego", uma de suas primeiras parcerias com Dominguinhos e que foi marcada pela interpretação de Elba Ramalho.

Através da música, Nando Cordel tem participado ativamente de várias campanhas e projetos no Brasil em promoção da paz. A música "A paz do mundo começa em mim", já foi hino em várias caminhadas pela paz que o cantor participou.

Kennedy Costa é o cantor que marca o show abertura do projeto "Sete em Ponto" no próximo dia 22. O músico vem construindo sua carreira desde a década de 80, juntamente com outros artistas paraibanos, como Escurinho, Milton Dornelas, Adeildo Vieira e Paulinho di Tarso, que compõem a cena contemporânea da música da Paraíba. A partir daí, o paraibano (de João Pessoa) Kennedy Costa, juntou ingredientes para embalar sons conhecidos do Nordeste como o baião, coco, frevo, maracatu e que estão presentes no seu repertório.

Em 2003, lançou seu primeiro CD solo intitulado "Vem Ver a Tribo Dançar", uma mistura de ritmos nordestinos com elementos da música eletrônica e que teve como parceria o músico Alex Madureira nos arranjos e direção musical. Kennedy Costa.

SERVIÇO

Projeto Sete em Ponto com Nando Cordel e Kennedy Costa
Data: 22 de outubro de 2009, às 19 horas
Local: Teatro de Arena (Espaço Cultural José Lins do Rego)
Ingresso: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (estudante)
Promoção: Funesc
Informações: 83-3211-6224/3211-6225.

Assessoria de Imprensa da Funesc