João Pessoa
Feed de Notícias

Cariocas fazem show de encerramento da Mostra de Teatro e Dança

sexta-feira, 18 de novembro de 2011 - 19:16 - Fotos:  Divulgação

Os músicos cariocas Lívia Nestrovski, Paulo Mestre, Silvana Scarinci e Fred Ferreira apresentam o show “Cartas e Canções”, principal atração deste sábado (19), noite de encerramento da 16ª Mostra Estadual de Teatro e Dança. O concerto está programado para as 20h, no palco do Theatro Santa Roza, em João Pessoa. O show ocorrerá após a encenação do espetáculo “Todo Mundo Odeia Looney Tunes”, um dos participantes da Mostra Paralela. O acesso ao evento é gratuito.

Após as apresentações, às 21h, terá início a solenidade de premiação da mostra, quando serão anunciados os nomes dos vencedores nas categorias de teatro e de dança. Em seguida, a banda paraibana Uns animará a festa de encerramento no bar anexo ao teatro com suas releituras de novos e antigos sucessos de Caetano Veloso.

“Cartas e Canções” – Convidado especial da noite de encerramento, o espetáculo percorre tempos e lugares distantes, numa estrada que vai de Chico Buarque a Monteverdi, de Noel Rosa a Ravel, onde o popular e o erudito se encontram através de cartas e canções.

Berço de grandes obras literárias, discussões filosóficas e resoluções políticas, a carta foi também inspiração para inúmeras obras musicais, da mais elevada cultura erudita às canções populares de grande alcance.

Vinícius de Moraes e Toquinho, em “Carta ao Tom”, escrevem uma carta a seu amigo Tom Jobim em forma de canção, evocando lembranças dos “tempos felizes em Ipanema”. Torquato Neto, ao escrever a letra de “Pra Dizer Adeus”, de Edu Lobo, aproveita a canção como carta de despedida, pouco antes de cometer suicídio. De Pero Vaz de Caminha a Caetano Veloso, de Guimarães Rosa a Chico Buarque, de Tonico e Tinoco a Lupicínio Rodrigues, cartas e canções se cruzam e se reinventam, ora na forma de carta lida e posteriormente musicada, ora como mensagem na forma canção, ora em música inspirada por antigos textos epistolares.

A cantora Lívia Nestrovski e o guitarrista Fred Ferreira, ambos músicos populares, encontram-se neste concerto com os especialistas em música barroca Paulo Mestre (contra-tenor) e Silvana Scarinci (teorba e guitarra barroca), em arranjos feitos para esta formação. Assim, os músicos rompem as barreiras entre erudito e popular, permitindo, à maneira de uma carta, diálogos entre tempos e lugares distantes.

A mostra – Para este ano, foram selecionados 14 espetáculos na categoria de teatro e nove de dança. Uma das peças, “Flor de Macambira”, dirigida por Cristina Streva (João Pessoa), teve a apresentação cancelada devido a um acidente sofrido pela protagonista, a atriz Isadora Feitosa.

Dos sete espetáculos escolhidos para a Mostra Paralela, houve cancelamento da peça “O Casamento de Carol”. Ao longo da mostra, o palco do Santa Roza recebeu grupos de João Pessoa, Cajazeiras, Bananeiras, Mamanguape, Cabedelo, Sousa, Santa Rita, Solânea, São Bentinho, Itabaiana, Campina Grande e Juripiranga.

Promovida pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) com patrocínio da Empresa de Correios e Telégrafos, a Mostra tem caráter competitivo.

Na noite deste sábado serão premiados os três melhores espetáculos nas categorias de dança e de teatro, com valores de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil. Os vencedores também receberão troféus com os nomes dos homenageados deste ano: Valdemar Dornelas (teatro) e Neide Mendonça (dança). Será concedido o Prêmio de Revelação a um dos espetáculos de cada categoria.

Avaliação mista – Durante as sete noites de apresentações, os competidores foram avaliados por uma comissão julgadora formada por três profissionais de cada linguagem artística, cujas avaliações corresponderão a 70% do total da pontuação. Os outros 30% corresponderão ao júri popular formado por 100 pessoas da plateia (serão levados em consideração os 100 primeiros espectadores que chegarem para assistir aos espetáculos).

Na área de teatro, a comissão julgadora conta com Aila Rodrigues (SP), Cláudio de Carvalho (BA) e Dionísio Cosme Neto (RN). Para a área de dança, os avaliadores são Romero Mota (Campina Grande, PB), Roberto Brant (Recife, PE), Christiane Gallindo (Recife, PE).

Oficinas – Ao longo da semana, a 16ª Mostra Estadual de Teatro e Dança ofereceu oficinas gratuitas nas duas categorias. Na área de dança, foram oferecidas aulas de ballet clássico com o professor Luiz Roberto (Recife, PE) e dança contemporânea com Ivaldo Mendonça (Recife, PE). Na área de teatro, foram ministradas as oficinas “O Corpo Cênico”, por Aila Rodrigues e “Treinamento Pré-Expressivo”, destinada a atores e bailarinos, pelo professor/doutor Robson Haderchpek (Natal, RN).

Programação de encerramento:

Sábado -19/11

19h – “Todo Mundo Odeia Looney Tunes”, Looney Tunes Crew, direção: Vanderlúcio Correia (João Pessoa) – mostra paralela

20h – “Cartas e Canções” (show), com Lívia Nestrovski (voz), Fred Ferreira (voz e guitarra), Paulo Mestre (contra-tenor) e Silvana Scarinci (teorba e guitarra barroca)

21h – Solenidade de premiação
Bar

22h – Festa de encerramento com a banda Uns (releituras de Caetano Veloso)
Local: Theato Santa Roza