Fale Conosco

8 de junho de 2009

Músico canadense Richard Raymond faz Recital de Piano no Cine Bangüê



O músico canadense Richard Raymond fará Recital de Piano no Cine Bangüê do Espaço Cultural José Lins do Rêgo, na próxima quarta-feira, 10, às 20h30, com entrada franca. O recital faz parte da turnê brasileira do pianista que inclui, além de João Pessoa, as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e Natal.
 
Aproveitando sua passagem pela Capital, o músico Richard Raymond ministrará máster classes de piano nos dias 8 e 9 (segunda e terça-feira), dás 10 às 12h30, no Cine Bangüê do Espaço Cultural, com audição gratuita. O máster classes é direcionado a alunos das Universidades públicas, inclusas no roteiro musical, com o objetivo de dar oportunidade de aprimoramento com um artista internacional de uma forma prática e direta.
 
A vinda do músico à Paraíba, que inclui Recital de Piano e máster classes, é uma realização da área de Piano do Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em convênio com o Programa de Pós-Graduação em Música da UFRGS.

O Programa de Richard Raymond para recitais no Brasil em 2009 inclui as seguintes peças: de L. Van Beethoven (1770-1827) – Variações sobre “Tändeln und Scherzen” de F. X. SüssmayrWw0 76 em Fá Maior; Sonata op. 53, Waldstein em Dó Maior, Allegro com brio, Introduzione-Adagio molto, Rondo- Allegretto moderato. Após o intervalo: de Franz Liszt (1811-1886) – Balada n. 2 em Si menor; de Frederic Chopin (1810-1949) – Scherzo n. 2 em Sib menor; e de L. M. Gottschalk (1829-1969) – Fantasia Triunfal sobre o Hino Nacional Brasileiro. 

Richard Raymond é o sonho dos amantes da música. Sua execução nos conduz às melhores e mais sofisticadas reminiscências na história dos grandes pianistas. Sua profundidade, paixão, virtuosismo e individualidade entrelaçam-se para distingui-lo definitivamente de outros pianistas de sua geração. 

As interpretações de Raymond com as orquestras sinfônicas de Montreal, Toronto, e, essencialmente, todas as principais orquestras do Canadá têm sido recebidas com as críticas as mais entusiasmadas. Sua presença em recitais solo e com música de câmara tem possibilitado que ele seja ouvido por todo seu país natal, na Itália, Taiwan, México, China, Geórgia, Alemanha, França e Estados Unidos. Seus recitais inaugurais no Lincoln Center em Nova York e no Hall Nacional em Taipei foram aclamados como eventos memoráveis.

Richard Raymond pode ser considerado como um dos raros artistas que emprega sua elevada virtuosidade para expressar uma ampla e variada gama de emoções humanas. Seu brilhantismo técnico combinado com a intensa paixão pelo fazer musical funciona com um fio condutor através do qual ele cativa a alma e o coração da audiência.

Magda Rego, da Assessoria da OSPB