João Pessoa
Feed de Notícias

Música de compositor brasileiro abre concerto da Orquestra Sinfônica da Paraíba nesta quinta-feira

terça-feira, 29 de novembro de 2016 - 11:56 - Fotos:  Thercles Silva

Uma música composta por um brasileiro vai abrir o 11º Concerto Oficial da Temporada 2016 da Orquestra Sinfônica da Paraíba, nesta quinta-feira (1º), às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, na Fundação Espaço Cultural (Funesc). Essa apresentação da sinfônica paraibana terá regência do maestro Luiz Carlos Durier e a participação dos violinistas paraibanos Thiago Formiga e Rodrigo Eloy como solistas no concerto para dois violinos, de Bach. Os ingressos custam R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)

O concerto abre com a música “Elegia” de Henrique Oswald (1853-1931), compositor brasileiro do século XIX, que estudou na Europa patrocinado pelo imperador D. Pedro II. O maestro Luiz Carlos Durier explica que a obra foi escrita originalmente para violoncelo e posteriormente orquestrada pelo autor para uma versão sinfônica. “O estilo canção está presente na obra, que obteve grande sucesso desde a sua primeira audição”, destaca Durier.

Em seguida, os músicos da OSPB vão executar o “Concerto para Dois Violinos em Ré Menor, BWV 1043”, de Johann Sebastian Bach (1685-1750), com os solistas Thiago Formiga e Rodrigo Eloy. Essa é talvez uma das obras mais famosas e reconhecidas do compositor alemão e é considerada uma das obras-primas do barroco. O concerto é caracterizado pela relação entre os dois solistas de violino, que é mais perceptível no movimento mais famoso, o expressivo Largo ma non tanto.

Depois do intervalo, será a vez da “Sinfonia n. 8, em si menor – Inacabada”, de Franz Schubert (1793-1828), austríaco considerado um dos maiores compositores do século 19, marcando a passagem do estilo clássico para o estilo romântico. A Sinfonia Inacabada, uma das mais tocadas no mundo, foi composta em 1822, mas descoberta vários anos após a morte do compositor. O nome Inacabada ou Inconclusa deve-se a ter apenas dois andamentos, embora nada demonstre que Schubert pensasse em fazer mais para completar a obra.

O jovem violinista Rodrigo Eloy ressalta que é sempre um prazer poder tocar com a Orquestra Sinfônica da Paraíba, onde iniciou suas atividades, primeiro na Orquestra Jovem, passando depois para a profissional. “Como paraibano tenho uma ligação forte com a orquestra e com certeza será um excelente concerto. Esperamos que tenha casa cheia para podermos fazer uma boa música”, completou.

Os solistas

Thiago Formiga (violino) – Natural de João Pessoa (PB), é bacharel em Violino pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), na classe do professor Yerko Tabilo e mestre em Performance pela Duquesne University, na classe do professor Charles Stegeman. Durante seus anos de estudo, teve a oportunidade de participar como membro ou músico convidado de inúmeras orquestras no Brasil e Estados Unidos, incluindo a Orquestra Sinfônica da Paraíba, Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz e Orquestra de Câmara da Cidade de João Pessoa no Brasil, e a Wheeling Symphony Orchestra, Westmoreland Symphony Orchestra and Altoona Symphony Orchestra nos Estados Unidos.

Enquanto bacharelando, Thiago Formiga participou de inúmeros festivais de música, onde teve a oportunidade de trabalhar com grandes mestres do violino, dentre eles, Andres Cardenes, Ole Bohn, Leon Spierer, Mirian Fried, Schmuel Ashkenazy, Simon Bernadini e Gilles Apap.

Entre 2012 e 2014, durante seu mestrado, Thiago Formiga foi Spalla da Duquesne Symphony Orchestra e primeiro violino do Frances DeBroff Graduate Quartet. Em 2012, foi vencendor da Duquesne Concerto Competition, quando atuou como solista junto a Duquesne Symphony Orchestra. Em junho de 2014, ainda nos Unidos, participou do Sunflower Music Festival em Topeka – Kansas, com o Fauré Piano Quintet, sob a orientação do pianista David Allen Wehr. Em 2015, junto com o Quarteto Eli-Eri, participou da IV Semana de Música de Câmara do Rio de Janeiro, desenvolvendo intensa atividade camerística junto ao Arianna String Quartet. No mesmo ano, passou a integrar o Quinteto da Paraíba, onde desenvolve extensa atividade de divulgação e reconhecimento da música de câmara brasileira. Atualmente, Thiago Formiga é spalla da Orquestra Sinfônica da Paraíba.

Rodrigo Eloy (violino) – Natural de João Pessoa (PB), iniciou seus estudos de violino em 1994, aos 3 anos de idade, com o professor Ademar Rocha. Em 2004, entrou no curso de extensão da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), sob a orientação do professor Hermes C. Alvarenga. Nesta instituição, em 2012, concluiu o curso de Bacharelado em Música, com habilitação em Violino, sob orientação do mesmo professor. Em 2016, recebeu o título de Mestre em Música também pela Universidade Federal da Paraíba, também sob a orientação do professor Hermes Alvarenga.

Durante a sua carreira, já participou de diversos festivais nacionais e internacionais, onde teve a oportunidade de ter aulas com professores renomados no cenário internacional. Como camerista, já realizou diversos concertos no Brasil e no exterior, sendo constantemente convidado para participar de festivais de música, tais como a IV Semana Internacional de Música de Câmara do Rio de Janeiro, Música na Estrada, Sunflower Music Festival (EUA), entre outros. Vem atuando constantemente como solista a frente das principais orquestras da Paraíba – OSPB, OSJPB, OSUFPB e OSMJP.

Rodrigo é funcionário da UFPB, onde é membro do corpo efetivo da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba, atuando como spalla. Também é membro do Quarteto de Cordas Eli-Eri e do Quinteto Uirapuru.

O regente

Natural de João Pessoa (PB), Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 17 anos. Seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. As suas interpretações cativantes e criativas produzem sempre sucesso de público e crítica. Sob sua batuta já se tornou tradição a Jovem apresentar estreias mundiais com excelente qualidade técnica e artística. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), concluiu o ensino superior de música nos cursos de Licenciatura e Bacharelado. Desde que chegou à Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN), em 1991, lidera atividades de educação musical ensinando: Musicalização, Viola, Música de Câmara e Regência. Participou das XIX e XX Semana da Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) como professor da classe de regência. Na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está realizando o Curso de Especiação Em Fundamentos da Educação – Práticas Pedagógicas Interdisciplinares.

Como regente convidado conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. Na sua formação como regente foi aluno de Wolfgang Groth, Nelson Nuremberg e Guilhermo Scarabino. Desde 2005 estuda com o maestro Osvaldo Ferreira. Participou de Master Class com os maestros Kurt Masur e, recentemente, com Dante Anzolini. Ainda teve como mestres o maestro José Siqueira, José Alberto Kaplan, Iara Bernette, Violeta de Gainza, Guilhermo Campos e Horácio Schafer. No ano de 2012 recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo brilhante desempenho profissional frente a OSPB.

Conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente, do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Tem acompanhado com frequência, artistas populares com a OSPB e OSJPB em grandes concertos populares, tais como: Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan, sempre com grande sucesso de público e crítica.

No dia 5 de agosto deste ano, Durier regeu as duas orquestras paraibanas no concerto com o cantor e compositor Zé Ramalho, comemorativo aos 431 anos da cidade de João Pessoa. A apresentação lotou o Teatro Pedra do Reino, do Centro de Convenções de João Pessoa.

 

Serviço:

Concerto da Orquestra Sinfônica da Paraíba

Regente: Luiz Carlos Durier

Solistas: Thiago Formiga e Rodrigo Eloy (violino)

Dia: 01/12/16 (quinta-feira), 20h30

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural

Ingresso: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)