Fale Conosco

11 de maio de 2009

Municípios ganham mais três semanas para atingir os 80%



A 11ª Campanha Nacional de Vacinação do Idoso foi prorrogada para até o próximo dia 29, nos municípios que ainda não atingiram a meta, que é vacinar 80% da população idosa.

Na Paraíba, segundo dados parciais do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (SI-PNI), 292.856 paraibanos com mais de 60 anos já foram imunizados contra a gripe, o que equivale a 71,40% da população total, estimada em 410.140 pessoas. A cobertura no Estado já é maior do que as médias do Nordeste (68,45%) e do País (63,07%). A expectativa da Secretaria Estadual de Saúde (SES) é que a Paraíba ultrapasse a meta.

O coordenador do Núcleo de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Walter Albuquerque, disse que o balanço parcial do PNI contabiliza os dados enviados pelos municípios até a última quinta-feira (7).

“Acredito que a Paraíba já atingiu a meta. O problema é que nem todos os municípios informam os dados atualizados. A campanha continua nas cidades que ainda não atingiram a meta. Encaminhamos vacinas para 100% da população idosa dos 223 municípios paraibanos. Assim, mesmo os que já atingiram a meta, poderão continuar vacinando enquanto houver disponibilidade de doses”, explicou.

Meta atingida – Segundo o balanço parcial do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda-feira (11), 85 municípios paraibanos atingiram ou ultrapassaram a meta de vacinar 80% da população idosa. Entre eles estão Serra Redonda, Cajazeiras, São Domingos do Cariri, Bom Jesus, Alhandra, Cabedelo, Rio Tinto, Santa Rita, Cruz do Espírito Santo, Jacaraú, Caaporã, Natuba, Pitimbu e Guarabira.

Neste período chuvoso, aumentam os riscos de contaminação pelo vírus Influenza e, por isso, é importante que a população idosa seja imunizada o mais rápido possível. “Depois que a gripe chega, não há muito o que fazer”, lembrou Walter Albuquerque, coordenador de Imunização da SES.

A campanha de vacinação contra a gripe no Estado foi aberta no último dia 25, pelo governador José Maranhão e o secretário estadual de Saúde, José Maria de França. Agora, os municípios têm mais três semanas para vacinar seus habitantes com mais de 60 anos.