João Pessoa
Feed de Notícias

Mudas cultivadas por reeducandos são plantadas nas ruas e praças de Campina Grande

sexta-feira, 4 de abril de 2014 - 18:45 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração Penitenciária, cedeu para a Prefeitura de Campina Grande, na manhã desta sexta-feira (4), um total de mil mudas do “Projeto Muda Vida”, realizado na Penitenciária Raymundo Asfora (Serrotão). A parceria visa plantar as mudas de árvores nas praças, canteiros e jardins públicos do município.

O primeiro lote de plantas é resultado do trabalho de ressocialização de apenados, em atividades voltadas para o meio ambiente. De acordo com o secretário Wallber Virgolino, algumas mudas já haviam sido plantadas numa avenida de Campina, no início do projeto, e distribuídas à população durante um evento na Praça da Bandeira.

“Esse trabalho tem duas grandes vantagens: a primeira é a ocupação e capacitação de reeducandos em atividades de caráter ambiental; e a segunda é a oportunidade que estamos tendo de arborizar Campina Grande, cidade que, segundo alguns estudos, tem um déficit de mais de 700 mil árvores. Com o projeto Muda Vida, nós temos condições de mudar radicalmente esse quadro”, disse Wallber.

O coordenador de ressocialização em Campina, Clóvis Brasileiro, informou que o plantio na cidade é uma parceria com a Coordenadoria Municipal do Meio Ambiente, que, por sua vez, executa o projeto Minha Árvore. “É a primeira vez na história da Paraíba que um presídio ‘exporta’ árvores para uma cidade. Se mantivermos o ritmo, Campina será uma cidade muito mais verde e refrescante nos próximos quatro ou cinco anos”, destacou.

No projeto Muda Vida, os reeducandos cultivam sementes de craibeira, ipê, pau-ferro, pau-brasil, catingueira, mangueira, oliveira, caju, acerola e romã. Pessoas físicas e jurídicas que se interessarem em plantar uma árvore podem entrar em contato com o presídio pelo telefone (83) 3333-3110 e solicitar uma ou mais mudas.