João Pessoa
Feed de Notícias

Movimento de passageiros no aeroporto de João Pessoa aumenta 68,80%

sexta-feira, 18 de junho de 2010 - 10:43 - Fotos: 

O movimentado de passageiros no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, apresentou um aumento de 54,82% em maio deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pela Gerência de Operações da Infraero (Empresa Brasileira da Infraestrutura Aeroportuária). Com esses números, já passaram pelo aeroporto, em 2010, 368.792 passageiros. No ano passado, no mesmo período, passaram pelo Castro Pinto 218.481 passageiros.

Em maio deste ano, 60.665 passageiros (embarcando e desembarcando), contra 30.185 registrados em maio de 2009. Nos cinco primeiros meses de 2010, o aeroporto paraibano já apresenta um crescimento de 68,80% em relação ao mesmo período do ano passado. Desde o início do ano, o equipamento paraibano tem apresentado apenas crescimento, o maior deles, em fevereiro, que chegou a 84,34%.

Os números da movimentação de passageiros estão sendo comemorados pela PBTUR (Empresa Paraibana de Turismo), que credita esse crescimento ao trabalho que vem sendo feito junto aos mercados de São Paulo, Minas Gerais e Brasília. Através da agência PROMO Inteligência Turística, com forte atuação no Estado de São Paulo, os roteiros paraibanos começaram a ser trabalhados por agentes de viagens após treinamento para conhecimento do destino Paraíba.

Operadoras comercializam produtos paraibanos

A proporção do crescimento do número de passageiros que chegam pelo aeroporto de João Pessoa pode ser comparado com o aumento do número de agências e operadoras de turismo que passaram a inserir a Paraíba em seu material de vendas. Segundo o presidente da PBTUR, Rodrigo Freire, atualmente mais de 40 operadoras estão comercializando produtos paraibanos, através de agentes de viagens.

Uma delas, e talvez uma das mais importantes, é a Marsans, empresa espanhola que está no mercado brasileiro há dois anos e vem ampliando a oferta de destinos. “A Marsans está entre as 10 principais empresas da Europa, com foco nos turistas das classes A e B”, disse Ivan Boljover, consultor de turismo da PROMO. Segundo ele, a Marsans está buscando diversificar e a Paraíba está nesse processo.

A inserção dos roteiros paraibanos nas agências e operadoras de turismo nos principais mercados brasileiros também coincide com a política de não mais explorar o sol e mar. De acordo com o consultor de turismo da PROMO, as empresas estão buscando novas opções, como as regiões do Cariri ou mesmo o Brejo paraibano. Por conta dessa diversificação, enfatizou o presidente da PBTUR, os turistas têm permanecido por mais tempo na Paraíba, consequentemente, aumentando os gastos e criando alternativas de renda.

Toda a cadeia produtiva do turismo paraibano começa a ter mais renda e abre a possibilidade de criar mais empregos. Hotéis ampliam a permanência de hóspedes; os taxistas têm um maior número de clientes; o comércio passa a ser visitado por mais pessoas e até mesmo as empresas de receptivo fecham um maior número de roteiros. Na opinião de Rodrigo Freire, a Paraíba está marchando para bater todos os recordes em termos de números de crescimento. “A movimentação de passageiros no aeroporto é uma pequena mostra disso”, apontou o executivo da PBTUR.

                                     Da Assessoria de Imprensa da PBTUR