João Pessoa
Feed de Notícias

Movimentação no Porto de Cabedelo tem aumento de 46% em junho

quarta-feira, 8 de julho de 2015 - 18:00 - Fotos:  Francisco França

A movimentação no Porto de Cabedelo foi 46% maior no mês de junho deste ano em comparação com igual período do ano passado. De acordo com a Companhia Docas Paraíba, foram movimentadas aproximadamente 158 mil toneladas, em junho de 2015, contra 108 mil toneladas, em junho de 2014. Entre os produtos que mais tiveram destaque estão o coke verde, com 58.195 toneladas; e derivados de petróleo, como óleo diesel, com 51.381 toneladas. Logo em seguida, aparecem o trigo (38.854 toneladas) e o álcool (1.575 toneladas).

De acordo com a vice-presidente da Companhia Docas Paraíba, Gilmara Temoteo, a expectativa é que o total de movimentações alcance, este ano, um patamar jamais registrado. “Com a continuação desse cenário, além da formação de novas parcerias, podemos dizer que o total de toneladas movimentadas no Porto de Cabedelo ultrapassará a marca de mais de 2 milhões de toneladas, índice nunca alcançado pelo porto paraibano”, disse.

Ainda segundo Gilmara Temoteo, o número de toneladas de trigo movimentadas em junho de 2015 foi maior que em junho de 2014 em 24 mil toneladas. “Nesse período, nós movimentamos ainda 30 mil toneladas a mais de petcoke, também nesse mesmo período”, afirmou, lembrando que o crescimento se deu em detrimento do aumento no número de atracações de navios. A vice-presidente da Docas Paraíba acrescenta que, além da localização estratégica, o Porto de Cabedelo tem uma operação ágil, com custos competitivos e sem gargalo logístico.

Investimentos - O presidente da Companhia Docas da Paraíba enfatizou que o Porto de Cabedelo vive um bom momento, mesmo em meio à dificuldade econômica do País. “Podemos exemplificar esse bom momento com a construção do terminal de múltiplo uso. O Governo do Estado já assinou protocolo de intenções para que a construção seja viabilizada no menor espaço de tempo possível. Com isso, a Paraíba só tem a ganhar. Para se ter ideia, com a construção desse terminal, serão gerados 600 novos empregos, serão construídos 600 metros de cais e a capacidade de armazenagem do Porto irá para 102 mil metros quadrados”, destacou.

Outra obra destacada por Lucélio Cartaxo foi a sinalização do cais, que deverá começar a funcionar ainda este ano. “Já temos garantidos pelo Governo Federal R$ 3 milhões com essa finalidade. Há mais de dez anos que o Porto deixou de funcionar à noite. Com isso, teremos mais receita e mais empregos”, disse, ressaltando a ampliação do calado de 9,13 metros para 11 metros de profundidade. “Iremos, com essa obra, receber navios de grande porte e ter um aumento na receita do Porto de Cabedelo em 100%”, observou.