João Pessoa
Feed de Notícias

Monsenhor Ivônio lembrou o perfil solidário da ex-auxiliar do governo

sábado, 30 de janeiro de 2010 - 22:18 - Fotos: 
Uma missa celebrada na tarde deste sábado (30), na Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, lembrou o sétimo dia da morte da defensora pública Fátima de Lourdes Lopes Correia Lima, que faleceu no domingo (24), vítima de acidente automobilístico. Familiares, amigos e auxiliares do Governo do Estado compareceram à celebração, que foi presidida pelo monsenhor Ivônio Cassiano.

Na homilia, o monsenhor Ivônio Cassiano destacou que a defensora pública Fátima Lopes era uma mulher intensa, que soube conduzir todas as oportunidades surgidas na sua vida e semeou coisas boas neste mundo. “Era uma mulher capaz de ver a necessidade do outro, foi uma grande colaboradora do atual governo e com empenho sabia transitar em diversas situações; por isso sua morte foi tão impactante”, observou.

Ele conclamou o marido Carlos Correia Lima e os filhos Carol, Ana Carla e Davi a se voltarem para Deus e verem a grandeza do seu amor. “Isto confortará vocês. Somente isto pode fazer vocês continuarem a conduzir a vida”, ressaltou. O monsenhor apelou para que este acontecimento sirva de bandeira para punição daqueles que praticam crimes no trânsito.

Ao final da celebração, o marido e os filhos leram mensagens em homenagem à Fátima Lopes, lembrando a sua dedicação como esposa, mãe, filha, mulher e profissional.

Cleane Costa, com fotos de Walter Rafael