Fale Conosco

20 de julho de 2009

Missão do FIDA ouviu associações de produtores e órgãos oficiais paraibanos para finalizar projeto



Uma missão do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) esteve na Paraíba entre os dias 6 e 17 de julho com o objetivo de finalizar o desenho do projeto para a concessão de empréstimo de investimentos globais estimado em US$ 50 milhões de dólares.

O FIDA entraria com cerca de US$ 25 milhões, enquanto o Estado, a partir de contrapartidas financeiras e econômicas, completaria o restante. O projeto envolve cinco regiões paraibanas, como o Cariri Oriental e Ocidental, o Seridó Oriental e Ocidental e o Curimataú. Entre os projetos propostos pelo Estado está o estímulo ao setor de pequenos mineradores e a instalação de uma ‘planta de leite em pó’ de cabra.

A missão realizou várias entrevistas e reuniões de trabalho com funcionários das secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag), de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), diretores e funcionários da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Projeto Cooperar, Secretaria de Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, Superintendência do Meio Ambiente e agências autônomas do Estado.

Durante as viagens de campo, a missão entrevistou também dirigentes de associações de produtores, cooperativas, estações de pesquisa da Emepa, escritório do Serviço Brasileiro de Apoio ao Micro e Pequeno Empresário (Sebrae) em Campina Grande, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e empreendedores sociais que atuam na área do projeto. A solicitação de empréstimo deverá ser apresentada à junta executiva do FIDA em dezembro deste ano.

Paulo Dantas, da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Planejamento e Gestão