João Pessoa
Feed de Notícias

Ministério libera R$ 16,5 milhões para o PAC-Saneamento da Paraíba

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 - 12:53 - Fotos: 
O Governo Federal, através do Ministério das Cidades, liberou mais R$ 16,5 milhões para atendimento do ritmo de execução do PAC-Saneamento, sob responsabilidade do Governo do Estado. O coordenador do PAC na Paraíba, o secretário de Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Ciência e Tecnologia, Francisco Jácome Sarmento, está em Brasília e detalhou que as liberações foram proporcionais aos orçamentos das obras.
 
Assim, a Translitorânea, maior obra hídrica já construída na Paraíba nos últimos 25 anos, que vai assegurar água de qualidade para 1,5 milhão de paraibanos de João Pessoa, Conde, Bayeux, Cabedelo e Santa Rita até 2030, foi contemplada com mais R$ 9,1 milhões. Já a Adutora São José, que garantirá o abastecimento de água em Campina Grande, mais cinco cidades, dois distritos e um povoado, beneficiando 600 mil pessoas, foi contemplada com R$ 5,7 milhões.
 
Sarmento informou que o PAC-Saneamento da Paraíba já contabiliza um índice de execução superior a 80% em obras como a Transposição Litorânea. “Essa é uma das vantagens do PAC: aqueles estados que agilizam a execução das obras contam com a regularidade de aporte de recursos e até premiação na forma de redução de contrapartida como já ocorreu com a Paraíba recentemente”, destacou o secretário.
 
Quando o governador José Maranhão assumiu o Governo, em fevereiro de 2009, o PAC da Paraíba exibia um dos mais baixos índices de execução do país, menos de 3%. Transcorrido um ano de gestão, os 24 projetos do PAC-Saneamento já ultrapassaram  a casa dos 70% de obras realizadas.

Da Assessoria de Imprensa da SEMARH