João Pessoa
Feed de Notícias

Ministério da Integração libera R$ 5 mi para socorro às vítimas

quarta-feira, 20 de julho de 2011 - 15:34 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho conseguiu a liberação de R$ 5 milhões em caráter emergencial junto ao ministério da Integração Nacional para ações de socorro e desobstrução das estradas e pontes danificadas pelas chuvas que atingiram a Paraíba no último final de semana.  O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, também disponibilizou R$ 27 milhões para restauração da infraestrutura danificada pelas chuvas.

A confirmação foi feita pelo ministro Fernando Bezerra, durante reunião realizada no final da manhã desta quarta-feira (20), em Brasília. O ministro garantiu que a liberação dos recursos será feita imediatamente e deverá estar na conta do Estado no início da próxima semana e que o ministério também dará início ao processo para liberação dos recursos para ações mais estruturantes.

O governador Ricardo Coutinho, os secretários de Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Estado, João Azevedo Lins, e do PAC na Paraíba, Ricardo Barbosa, expuseram a situação dos 43 municípios da Paraíba atingidos pelas chuvas que ocasionaram enchentes dos rios, destruição de rodovias e acessos e o desabamento de 800 casas.

O ministro Fernando Bezerra disse que recebeu nesta quarta-feira o relatório da Defesa Civil Nacional e do governador Ricardo Coutinho e que a orientação da presidente Dilma é fornecer todo o apoio emergencial para socorrer as pessoas atingidas pelas fortes chuvas e também agilizar a liberação de recursos federais. “O Governo Federal, com orientação da presidenta Dilma, se colocou à disposição da Paraíba no sentido de emprestar toda a solidariedade da população atingida e levar o apoio para auxiliar com o processo de recuperação das áreas afetadas”, ressaltou Bezerra.

Fernando Bezerra destacou que, num primeiro momento, o Governo Federal está repassando R$ 5 milhões para o Governo do Estado para assistência à população, que deverão ser empregados em compra de alimentos, medicamentos, abrigos e limpeza e desobstrução de rios, ruas e estradas.

O ministro ressaltou que o próximo passo é o Estado elaborar um plano de trabalho para posterior análise e para que o segundo repasse possa ocorrer em agosto. “Estamos acompanhando a situação da Paraíba e o empenho é no sentido de dar celeridade a análise dos planos de trabalhos para a liberação dos recursos em benefício do povo”, completou.

O governador Ricardo Coutinho afirmou que a liberação dos recursos representa um caminho importante de solidariedade e ação do Governo Federal com o Governo Estadual. Ele frisou que os R$ 5 milhões iniciais serão empregados para o socorro às milhares de pessoas desalojadas ou desabrigadas e com a liberação de mais R$ 27 milhões serão realizadas as ações em médio prazo como recuperação de estradas e reconstrução de pontes. “Já entregamos toda a documentação necessária para a liberação dos recursos iniciais e começamos a elaborar os planos de trabalhos. Temos pressa em socorrer as vítimas das enchentes”.

Ricardo acrescentou que quanto à recuperação e à reconstrução das 1.250 casas, o Governo do Estado estará encaminhando o pleito para o Ministério das Cidades e espera a mesma agilidade com que o ministro Fernando Bezerra tratou o Estado diante das inundações provocadas pelas chuvas. “Tinha certeza que o Governo Federal daria o apoio necessário diante da ajuda que recebemos do Ministério da Integração desde o início do nosso governo para tocar projetos do PAC 2 e de sistema de adutoras e barragens. Estamos tendo um tratamento ágil na liberação de recursos para que as pessoas sejam acudidas, acolhidas, pois encontram-se em situação bastante delicada”.

Plano de Trabalho – O secretário de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, João Azevedo, que foi designado pelo governador para coordenar a realização dos planos de trabalhos, disse que estará convocando todos os órgãos envolvidos como secretarias de Infraestrutura, Desenvolvimento Humano e Saúde, DER, Cehap, Suplan, Cagepa, Defesa Civil para elaboração dos planos de trabalho que serão entregues ao Ministério da Integração e à Defesa Civil Nacional. “Trabalhamos no sentido de dar agilidade e precisão para que no início de agosto todos os planos estejam enviados para acelerar a liberação dos recursos que vão socorrer a Paraíba”.