Fale Conosco

27 de junho de 2012

Ministério da Cultura realiza censo entre gestores culturais da Paraíba



Gestores de entidades públicas responsáveis pelas políticas culturais dos municípios paraibanos estão sendo convocados para participar do 1º Mapeamento da Gestão Pública de Cultura da Paraíba – MGPCult. Os questionários devem ser respondidos pela internet, até o dia 20 de julho.

O mapeamento está sendo realizado pelo Ministério da Cultura (Minc) em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura da Paraíba (Secult) e tem o objetivo de coletar informações sobre as ações e potencialidades culturais de cada uma das 223 cidades paraibanas, além de elencar as principais demandas que vão subsidiar a elaboração do Plano Estadual de Cultura da Paraíba.

O secretário de Cultura do Estado, Chico César, explicou que a ideia é levantar um panorama amplo que permita a identificação de manifestações, vocações, equipamentos e instrumentos institucionais para uma abordagem sistêmica da ação cultural.

“Mesmo compreendendo que a cultura tem uma dinâmica própria e multifacetada que se altera o tempo todo, é importante que os gestores e a própria sociedade tenham embasamento para construir a ação, pensar modos de financiamento e apoio para que possa aflorar o universo simbólico do nosso território. Colocar em circulação este universo e provocar reflexão são o grande desafio”, convoca Chico César.

“A participação dos gestores é a garantia de que os municípios terão suas reivindicações incluídas no Plano Estadual de Cultura e que as demandas recebam atenção dos governos Estadual e Federal”, reforça o pesquisador e analista técnico do Ministério da Cultura, Pedro Santos.

Como participar – Para participar do mapeamento, o gestor deve fazer o cadastro no site www.mgpcult.pb.gov.br. Na página, basta clicar no quadro “Formulário do Gestor” e preencher os campos solicitados. No final, é só “Cadastrar”. Após o envio, a equipe responsável pela pesquisa vai enviar os dados de acesso à plataforma MGPCult, criada pela Secult para executar o censo.

Mais informações sobre o 1º Mapeamento da Gestão Pública de Cultura podem ser obtidas no telefone (83) 8852-6503 ou pelo email: planodeculturapb@gmail.com.

Plataforma – De acordo com o pesquisador e analista técnico do MinC, Pedro Santos, a plataforma MGPCult foi desenvolvida pela Secretaria de Cultura da Paraíba com base em metodologias aplicadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e outras secretarias de cultura, funcionando como ferramenta de auxílio na elaboração de indicadores culturais.

A plataforma é composta por 176 questões, divididas em cinco blocos, que buscam identificar as principais informações sobre a gestão cultural e demais temas.

Plano de Cultura – O Plano Estadual de Cultura é o documento que vai nortear a formulação de políticas públicas de cultura na Paraíba e em todos os municípios do Estado num período de dez anos. Esse documento deve conter diagnósticos, diretrizes, metas e pontuar as visões técnicas, estratégicas e conceituais para o desenvolvimento do setor cultural no Estado.

Para implementação do Plano, serão ouvidos todos os que participam do movimento cultural na Paraíba: gestores, agentes culturais, artistas, ativistas, parlamentares, comunicadores, produtores, agitadores e arte-educadores. Para isso, estão sendo organizados encontros, fóruns, reuniões, consultas para colher todas as informações dos que fazem o movimento cultural no Estado. Entre essas ações está o 1º Mapeamento da Gestão Pública de Cultura da Paraíba.