Fale Conosco

10 de julho de 2013

Merendeiras são capacitadas para diversificar cardápio escolar com produtos da agricultura familiar



Destacar as merendeiras da rede pública de ensino da Paraíba como elo na cadeia produtiva do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é o foco principal de uma série de cursos de capacitação promovidos pelo Governo do Estado, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB). Nesta quinta (11) e sexta-feira (12), 40 merendeiras do município de Marcação, região administrativa de João Pessoa, serão treinadas em segurança alimentar, visando o aproveitamento dos produtos da agricultura familiar.  O objetivo é trocar experiências com sabores e técnicas para diversificar a alimentação oferecida nas escolas.

As merendeiras serão orientadas sobre as maneiras corretas de manipulação e higiene dos alimentos. O reconhecimento da culinária local como importante traço de identidade cultural e os bons hábitos alimentares também integram a programação do curso, que será ministrado pelas extensionistas sociais da Emater, Jacileide Andrade Vieira e Mônica Maria de Castro Eleutherio.

Com uma carga horária de 12 horas/aula, entre práticas e teóricas, o curso ensina o preparo de bolos e sucos diversos, lasanhas variadas, cocadas, brigadeiros, rubacão, bifes de soja com cenoura, escondidinho de macaxeira, entre outros alimentos. A exemplo dos eventos anteriores, o encontro tem parceria da Secretaria de Educação de Marcação, e apoio da Prefeitura local.

De acordo com a coordenadora regional da Emater em João Pessoa, Keila Deininger, essas capacitações são ferramentas importantes, porque os participantes se tornam multiplicadores dos conhecimentos nas comunidades onde moram.

Segundo ela, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) a qual a Emater é vinculada, tem realizado amplo trabalho de divulgação e incentivo ao fornecimento de produtos da agricultura familiar para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), beneficiando milhares de paraibanos.

A meta da Emater Paraíba, segundo o presidente Giovanni Medeiros, é capacitar em segurança alimentar merendeiras da rede pública de ensino em todos os municípios beneficiários do Pnae e PAA. Iniciando pela região geoadministrativa de João Pessoa, já foram treinadas 200 participantes em Caaporã e Sobrado. Deverão acontecer ainda neste ano mais seis cursos nos municípios do Conde, Pitimbu, Capim, Cuité de Mamanguape, Mataraca, e Mamanguape.