João Pessoa
Feed de Notícias

MEC e Unesco destacam programa de qualificação de professores

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011 - 19:32 - Fotos: 

Foto: Walter Rafael/Secom-PB

A cidade de João Pessoa está sediando, nesta quarta-feira (14), a quarta e última reunião do ano da Comissão Nacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (Cnaeja). No evento, representantes do Ministério da Educação (MEC) e da Unesco elogiaram o trabalho de qualificação de alfabetizadores paraibanos, através de programa desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

O objetivo do encontro – que se estende até as 18h desta quarta, no hotel Imperial, em Tambaú – é avaliar as atividades de educação de jovens e adultos (EJA) desenvolvidas em todo o País durante 2011, e pensar ações estratégicas para o próximo ano.

Segundo o secretário de Estado da Educação, Afonso Scocuglia, a Paraíba é hoje referência em educação de jovens e adultos e, por isso, João Pessoa foi a cidade escolhida para sediar a reunião. “É um privilégio para nós receber a Comissão aqui. Trata-se de uma reunião que congrega tanto o que está acontecendo em nível nacional quanto às novidades que estamos desenvolvendo em nosso Estado. E os integrantes da Comissão estão muito receptivos com o que apresentamos de novidades”, revelou.

De acordo com o diretor de Políticas de Alfabetização de Jovens e Adultos, da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do MEC, Mauro José da Silva, em geral, ações de EJA não têm recebido, pelo Brasil afora, a atenção e o respeito que merecem, por parte dos gestores municipais e estaduais. “Na Paraíba, contudo, a gente percebe que tem acontecido uma compreensão da importância estratégica da EJA para o Estado”, destacou.

Qualificação – Segundo Mauro José da Silva, algumas iniciativas adotadas pela Secretaria de Estado da Educação, como a articulação da qualificação profissional dos alfabetizadores por meio de programas desenvolvidos pela UEPB e do próprio público do Brasil Alfabetizado, são exemplos positivos para todo o Brasil. “Isso demonstra preocupação com qualidade e que o Estado está pensando de forma diferente, dando significância de aprendizado a essas pessoas que estão aprendendo a ler e escrever”.

O coordenador do Programa de Educação da Unesco, Paolo Fontini, também reforçou que as ações desenvolvidas pelo Governo da Paraíba voltadas para alfabetização e educação de jovens e adultos no Estado, em 2011, foram avaliadas como de grande importância por todos os integrantes da Comissão. “Sabemos que a qualidade dos educadores e dos coordenadores de alfabetização é um problema em todo o País. Então, a Paraíba está mostrando um exemplo muito interessante de como podemos utilizar pessoas muito melhor formadas neste processo. A ação tem que ser avaliada, mas nos parece muito interessante”, disse.