João Pessoa
Feed de Notícias

Maurício Burity volta de Brasília com ótimas notícias para a Funesc

sexta-feira, 27 de novembro de 2009 - 10:14 - Fotos: 

Presidente da Funesc une situação e oposição para levantar fundos que serão aplicados na melhoria estrutural do Espaço Cultural José Lins do Rego

O presidente da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), Maurício Burity, voltou de Brasília na madrugada desta quinta-feira (26) com ótimas notícias na bagagem. Em sua segunda incursão pela Capital Federal, conseguiu da bancada paraibana em Brasília quase R$ 2 milhões em emendas para serem aplicadas no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.

Em um trabalho de corpo-a-corpo, visitando todos os deputados e senadores da bancada paraibana, sem exceção, Maurício conseguiu unir situação e oposição em prol de melhorias para um dos maiores complexos de cultura da América Latina. Junto ao senador Roberto Cavalcanti (PRB), mais os deputados Major Fábio (DEM), Wilson Santiago (PMDB), Manoel Júnior (PMDB), Marcondes Gadelha (PSC), Rômulo Gouveia (PSDB), Vital do Rego Filho (PMDB) e Wilson Braga (PMDB), Maurício Burity conseguiu a soma de R$ 1,9 milhão para a Funesc. “Em janeiro, volto à Brasília para reencontrar parlamentares que ficaram de analisar nosso pleito. A partir daí, pode ser que esse montante passe dos R$ 2 milhões”, torce Maurício.

A verba será destinada a obras de reparação e modernização da estrutura do Espaço Cultural José Lins do Rego. “Queremos priorizar equipamentos importantes para o funcionamento pleno do Espaço Cultural e que foram danificados com a falta de uma manutenção adequada”, comentou Maurício.

A previsão é que o montante comece a ser liberado a partir de março ou abril de 2010, depois de seguir tramitação até o Ministério da Cultura. “As emendas são fruto do esforço de cada um desses parlamentares em reconhecer o Espaço Cultural como um importante espaço para a fomentação da arte e da cultura da Paraíba. É destinada diretamente à Funesc, mediante uma série de projetos que nós iremos elaborar e enviar ao MinC”, explica o presidente da Funesc.

Assessoria de Imprensa da Funesc