João Pessoa
Feed de Notícias

Maternidade Frei Damião completa 27 anos com vários serviços

sexta-feira, 25 de outubro de 2013 - 14:07 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

Com mais de 4 mil atendimentos mensais – entre eles 300 partos com predominância do normal, um dos motivos para manter o título de “Amigo da Criança” – a Maternidade Frei Damião, localizada no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa completa 27 anos neste sábado (26).

Para comemorar a data, uma programação de atividades foi elaborada pela direção da unidade, incluindo palestras voltadas para temas da saúde. Na manhã desta sexta-feira (25) houve apresentações das bandas da Polícia Militar, do Coral da Empasa e do cantor Lis Albuquerque. Também foi exibido um vídeo sobre a história e os serviços oferecidos pela maternidade.

É uma unidade para atendimentos de alto risco que é referência para vários municípios paraibanos e de Estados vizinhos”, destacou o secretário estadual de Saúde, Waldson Dias de Souza, que participou das festividades nesta sexta-feira. Ele lembrou o investimento que o Governo do Estado tem feito para qualificar a rede pública de saúde, através da recuperação e ampliação de unidades de saúde, aquisição de equipamentos e qualificação de profissionais.

A secretária executiva, Cláudia Veras, destacou as ações de caráter educativo e preventivo, para ela fundamentais na condução de um bom quadro de saúde da população.

Também estiveram presentes na solenidade o ex-governador Wilson Braga, que inaugurou a maternidade: “Me sinto honrado em participar dessa festa, com a consciência do dever cumprido”.

Histórias – A mesma idade da unidade de saúde tem Lúcia Clarinda Barros Carvalho, o primeiro bebê que nasceu na maternidade. A mãe dela, a professora Maria Aparecida Leitão Barros, conta um fato inusitado ao entrar no prédio: “Meu parto aconteceu durante o dia e à noite houve a festa de inauguração, quando todo mundo queria conhecer o primeiro bebê que tinha nascido ali”, lembra.

A mãe sempre falou a Clarinda sobre o bom atendimento que recebeu, e por isso a filha também fez questão de dar à luz os dois filhos na Frei Damião. “A Maternidade é tudo o que a minha mãe falava. Fico muito lisonjeada por ter sido o primeiro bebê que nasceu lá, num lugar que presta um excelente serviço à população”, disse Clarinda.

O médico que fez o parto de Clarinda foi o mesmo que fez dos filhos dela. Dr. Welando Guedes é obstetra há 32 anos e trabalha na Frei Damião desde a fundação. Ele estima que já fez cerca de 5 mil partos, somente na Frei Damião, e lembra de um episódio que o deixou emocionado. “No dia que Clarinda veio ganhar o primeiro bebê, chegou para mim com um jornal plastificado onde tinha o registro de que ela havia sido o primeiro bebê que nasceu na Frei Damião e o parto havia sido feito por nossa equipe. Isso me emocionou”, contou.

Superação – Outra história registrada nestes 27 anos da Maternidade, é a da família de Francisco Ferreira da Silva, mais conhecido por “Bayeux”, que trabalha como jardineiro na Frei Damião. A mulher dele teve trigêmeos. Eles estão com quatro anos e um é deficiente físico. A dona de casa Maria das Neves Domingos, de 42 anos, conta que eles nasceram prematuros e, mesmo diante de tanta adversidade, ela e os bebês tiveram toda assistência. “Fiquei um mês com eles na maternidade, no método Canguru, que foi o que salvou meus bebês”, disse.

Além dos trigêmeos, Maria das Neves, deu a luz a mais seis filhos do primeiro casamento, todos na Frei Damião. “Das sete vezes que tive filho lá, sempre fui muito bem recebida e até hoje, quando apareço, fazem a maior festa. Quando os trigêmeos nasceram foi feita até uma campanha para arrecadar os produtos do enxoval”, lembra.

Uma das profissionais que está desde o início e acompanhou todas estas histórias, é a diretora administrativa Morgana Wanderley Queiroga Leite, que entrou no ano da inauguração. “Este aniversário é um momento histórico e de muito valor para mim já que vi esta maternidade nascer e estou crescendo junto com ela. Cheguei como enfermeira, fui coordenadora de enfermagem, diretora interina e há três anos estou como diretora administrativa. De lá para cá houve um grande crescimento da instituição e a comunidade só tem a ganhar,” falou.

Serviços – Na atual gestãodo Governo do Estadoforam implantados três serviços: acolhimento com classificação de risco; centro de custo e pré-natal de alto risco. Além disso, a maternidade oferece alojamento Canguru; UTI materna; planejamento familiar; Programa de Assistência às Mulheres Vítimas de Violência Sexual; Centro Especializado em Diagnóstico do Câncer; Projeto Rede Cegonha e odontologia nas UTI.

Na parte de imunização, a Unidade realiza testes do pezinho, da orelhinha e da linguinha; tem laboratório de análises clínicas; controle de infecção hospitalar e ouvidoria. A Maternidade Frei Damião ainda tem o serviço de acompanhamento de recém-nascidos prematuros durante os primeiros 12 meses de vida, com pediatras, enfermeiros, neurologistas, oftalmologistas, fisioterapeutas e fonoaudiólogos.

Números – A unidade tem 800 funcionários e 63 leitos em setores de enfermaria comum, UTI neonatal, UTI materna, Unidade de Cuidados Intermediários, enfermaria Canguru e enfermaria de alto risco. Quanto aos exames, realiza mensalmente, uma média de 420 hemogramas, 270 ultrassonografias, 175 sumários de urina e 100 raio X.

Inauguração – A Maternidade Frei Damião, construída com recursos estaduais em um terreno de aproximadamente 9 mil m², foi inaugurada em 26 de outubro de 1986, pelo então governador Wilson Braga. O nome da maternidade foi escolhido pela própria comunidade de Cruz das Armas que era devota do frade que na época era considerado um santo vivo.

Atualmente, a Maternidade tem na direção geral Ana Márcia. Ela falou que o segredo para o sucesso é o trabalho em equipe. “Estamos terminando mais um ano de muito trabalho, dedicação e compromisso com a comunidade e com a gestão. Esses 27 anos de luta nos trazem muitas alegrias e faremos o melhor para que a maternidade Frei Damião tenha crescimento e credibilidade”, disse.

O diretor técnico José Gomes, que é ginecologista, afirmou gosta de trabalhar na Frei Damião e disse foco é manter o melhor desempenho na Medicina: “Nossa obrigação é cuidar da vida”, disse.

A gerente das ações estratégicas especiais, Betânia Xavier, disse que a Maternidade Frei Damião tem como objetivo principal promover valorizar as pessoas e humanizar o atendimento. O telefone da maternidade é o 3215-6066.