João Pessoa
Feed de Notícias

Maternidade de Mamanguape fecha trimestre com mais de 10 mil atendimentos

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 - 10:05 - Fotos:  Secom-PB

A Maternidade do Hospital Geral de Mamanguape (HGM) fechou o primeiro trimestre de funcionamento, de 12 de outubro e 13 de janeiro, com a realização de 202 partos e 10.207 atendimentos e consultas.

Para o diretor-geral do HGM, Adalberto Ribeiro, os números mostram o comprometimento da equipe com a população do Vale do Mamanguape. “Temos ótimos profissionais que estão preparados para o atendimento às gestantes e famílias. Ressaltamos que não somos uma unidade de pré-natal. Os usuários dos nossos serviços deverão chegar à maternidade com o acompanhamento médico do período de gestação e cartão do pré-natal da gestante, conforme preconiza o Ministério da Saúde, que deverá ter no mínimo seis consultas pré-natais”, explicou.

Ribeiro informou, também, que a estrutura do HGM está preparada para atender a demanda do Vale do Mamanguape e da Capital. “Temos estrutura para desafogar as maternidades que vivem superlotadas e, consequentemente, reduzir os riscos desses pacientes no translado. Com isso, conseguimos reduzir custos aos cofres públicos dos municípios. A população pode confiar nas nossas instalações e serviço”, afirmou.

A maternidade do HGM conta com 15 leitos e toda estrutura necessária para realização de parto natural e também cesariano. O modo de trabalho na unidade é o mesmo da política do SUS, que estimula a realização do parto normal com uma equipe especializada. Foi por meio dessa equipe que, após 20 anos, a cidade de Mamanguape voltou a registrar nascimentos com a chegada de Mikaely Vitória de Medeiros Ramos, primeiro bebê a nascer na Maternidade do HGM.

O número de nascimentos na maternidade poderia ser ainda maior. De acordo com Ribeiro, muitos hospitais de municípios que compõem o Vale do Mamanguape ainda não estão encaminhando as gestantes ao HGM, que foi construído para ser referência na região. “Temos feitos inúmeros contatos com os gestores de saúde desses municípios com o propósito de informar da capacidade técnica operacional da nossa maternidade. Eles podem contar com nossa estrutura. Estamos preparados para acolher toda a população do vale e também da região metropolitana com muito carinho e dedicação”.

Equipe – A Maternidade do HGM tem uma equipe de médicos obstetra e anestesistas que passaram por diversos centros de saúde da Paraíba, alguns deles com mais de 30 anos de experiência. Os anestesistas são Walter Amorim de Araújo, 60 anos, Democrito Nicássio de Carvalho, 67 anos, e Tibério Cabral Gomes de Souza, 30 anos.

Já a equipe de obstetrícia conta com Alessandro Medeiros de Lucena, 44 anos, Rossana Trócolli, 45 anos, João Batista Noranha, 55 anos, Carlos Silva Andrade, 65 anos, Everton Nunes Ramalho, 68 anos, Raimundo Fernandes da Silva, 68 anos, Sátiro Almeida de Macedo, 68 anos, e Tito Túlio de Andrade, também com 68 anos.

A equipe de enfermagem é composta por um coordenador de enfermagem, 16 técnicos de enfermagem e seis enfermeiros.