João Pessoa
Feed de Notícias

Márcia Lucena deixa a presidência da Funesc e presta contas de sua gestão

segunda-feira, 30 de maio de 2016 - 17:20 - Fotos: 

A presidente da Fundação Espaço Cultural da Paraíba, Márcia Lucena, realizou, na manhã desta segunda-feira (30), prestação de contas do trabalho executado em cargos públicos na gestão estadual. Além de fazer um balanço das suas ações como presidente da Funesc, cargo que ocupa desde janeiro de 2015, a gestora também fez um resumo de sua trajetória enquanto secretária de Educação, no período de 2011 a 2014. O governador Ricardo Coutinho participou da cerimônia, que aconteceu na Sala de Concertos Maestro José Siqueira.

“Márcia Lucena foi uma aposta da nossa gestão, pois apesar da pouca experiência que tinha, era alguém que pensava e fazia diferente. Como gestora sempre teve muita vontade de fazer o melhor pelo povo. Tanto na Secretaria de Educação quanto na Funesc, ela deu conta das funções e se mostrou competente. Não poderia deixar de expressar minha gratidão pelo trabalho exercido durante todos esses anos por Márcia. O Espaço Cultural hoje é algo grandioso, cheio de oportunidades para quem quer opções culturais. E isso se deve muito ao espírito criativo desta gestora, que deixou o local ainda mais vivo. Que ela tenha êxito também na sua nova missão”, disse o governador Ricardo Coutinho.

Márcia Lucena entrega o cargo oficialmente nesta terça-feira (31) para concorrer à prefeitura do Conde, município em que mora. Ao fechar este ciclo, a gestora agradeceu aos ex-colegas da Secretaria de Educação (SEE) e da Funesc. “O que aprendi neste percurso quero levar para o município onde vivo. Estou seguindo para este novo desafio”, afirmou.

Em quatro anos à frente da SEE, a gestora trabalhou com base no fortalecimento da democratização, qualidade, acesso e permanência. Um dos principais destaques, segundo ela, foi o programa “Caminhos da Gestão Participativa”, que conseguiu garantir a presença do Governo do Estado em todas as cidades da Paraíba. Outro avanço foi o investimento em reformas e entregas de novas salas de aula, inclusive destinadas a cursos técnicos e profissionalizantes. Outro ponto foi a valorização dos profissionais de educação, realização de concurso público e a garantia do acesso da população às escolas garantindo, inclusive, meios de transporte para os alunos.

À frente da presidência da Funesc, cargo que Márcia Lucena vem ocupando há um ano e cinco meses, o principal destaque é a ocupação permanente do Espaço Cultural José Lins do Rego e das unidades sob responsabilidade da Fundação, a exemplo do Cine-Teatro São José. Entre os exemplos estão ações como o projeto Cardume, construído em conjunto com os fóruns de teatro, dança e circo; Interatos, que contempla apresentações de espetáculos e um trabalho de formação nos segmentos de artes cênicas. Na área de música, diversas ações foram citadas pela gestora, a exemplo dos projetos Cambada, Música do Mundo, Music From Parahyba, De Repente no Espaço. No segmento das artes visuais, um dos avanços foi a ampliação do espaço expositivo da Galeria Archidy Picado, bem como a utilização do mezanino com exposições de novos artistas. O setor de Quadrinhos também teve ganhos significativos com a reabertura da Gibiteca Henfil e ações como oficinas, o encontro regional Quadrinhos Intuados e atividades bimensais. A inauguração do Cine Banguê foi uma das conquistas elencadas por Márcia Lucena ao longo da gestão.