Fale Conosco

18 de julho de 2009

Maranhão participa de comemoração dos 60 anos da Fiep na Paraíba



Dezesseis novas indústrias devem ser instaladas na Paraíba. O anúncio foi feito pelo governador José Maranhão, na noite desta sexta-feira (17), durante as comemorações dos 60 anos de fundação da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), na cidade de Campina Grande.

Maranhão ressaltou que nos cinco meses de governo já recebeu 16 pedidos de instalações de indústrias na Paraíba. Os projetos vão garantir emprego e renda em municípios paraibanos. “Estou com 16 protocolos de novas indústrias que buscaram o Estado para apresentar seus projetos e receber os incentivos fiscais. As indústrias devem ser instaladas em Campina Grande, João pessoa e outras cidades do interior”, informou.

O governador destacou os serviços prestados pela Fiep ao longo desses anos na Paraíba, do compromisso da instituição com os diversos setores da sociedade, dando como exemplo a construção do Mapa de Oportunidades da Paraíba que foi lançado durante o evento. “É importante ter um roteiro dando visibilidade das potencialidades dos municípios, além de servir como referencial inclusive para o novo planejamento da economia do Estado”.

Dentro das comemorações, o governador recebeu uma placa alusiva aos 60 anos de ações transformadoras que foi concedida as personalidades ícones contribuintes do progresso da Paraíba. A Fiep concedeu, ainda, uma Medalha do Mérito Industrial para autoridades e industriais paraibanos presentes desde a fundação da instituição. 

O presidente da FIEP, Francisco Buega Gadelha agradeceu a presença do governador e falou da satisfação e do momento vivido pela instituição. “Estamos comemorando com muita alegria porque realmente é uma data marcante na história da Paraíba pelo muito que a FIEP tem feito. E, nós sentimos felizes em reunir hoje, os fundadores, diretores da casa, empresários de todo o país, presidentes de federação para comemorar de forma efusiva, esses 60 anos”, disse Buega.

História da Fiep/PB – Na longa de sua trajetória algumas ações transformadoras foram impulsionadas por essa instituição. É possível destacar o surgimento da a SUDENE, que nasceu na FIEP, com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, o Banco do Nordeste que também nasceu na FIEP, o Projeto de Transposição de Águas do Rio São Francisco teve forte suporte desta casa, os Gasodutos de Cabedelo e também de Campina Grande nasceram na FIEP, o aumento do Calado do Porto de Cabedelo também é uma conquista desta instituição. Ações como estas são conquistas resultantes de uma sinergia natural com a sociedade que têm resultado no maior desenvolvimento econômico e social da Paraíba.

O primeiro presidente da Fiep na Paraíba foi Domício Velloso da Silveira. Ele tomou posse em 17 de julho de 1949. Tendo sua primeira sede localizada, em Campina Grande, na Rua Presidente João Pessoa, nº. 21, no primeiro andar da antiga sede da Associação Comercial. A rua inicialmente chamada de Rua das Areias, depois Rua Dr. João Leite e após 1930, Rua João Pessoa em homenagem a João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, Governador da Paraíba. O atualmente, o edifício da Fiep está localizado na rua Manoel Guimarães, 195, no bairro José Pinheiro.

Gledjane Maciel, com fotos de Mano de Carvalho, da Secom