João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão leva água de qualidade e esperança a 8 municípios sertanejos

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010 - 18:59 - Fotos: 
O governador José Maranhão iniciou nesta quinta-feira (7), a entrega de importante obra hídrica reivindicada pela população de oito municípios do Sertão paraibano, principalmente da zona rural dessas localidades: a Adutora Capivara. O primeiro município que teve o sistema de abastecimento d’água inaugurado foi Poço José de Moura, que recebe agora as águas da  Barragem Capivara.

O governador acionou o sistema ao lado do prefeito Manoel Alves Neto (mais conhecido como ‘Peixe Moura’) e da ex-prefeita Aurileide Moura; da presidente da Câmara Municipal, vereadora Veluma Aiala Mariz Moura, bem como de lideranças políticas da região, vários prefeitos e os deputados Wilson Santiago (federal), Jeová Campos (estadual), os secretários Lena Guimarães (Comunicação), Francisco Sarmento (Recursos Hídricos), Carlos Firmino (executivo de Infra-estrutura), superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Estado, Expedito Leite e outros auxiliares.

Reivindicações – Após a inauguração do sistema de abastecimento d’água, o chefe do Executivo estadual foi bastante aplaudido pela população. A ex-prefeita Aurileide Moura e o prefeito Peixe Moura fizeram algumas reivindicações ao governador, entre elas a pavimentação de 12 quilômetros de estrada entre Poço José de Moura e a estação termal de Brejo das Freiras, como também a construção de um ginásio poliesportivo e a instalação de chafarizes em três comunidades.

Em seu discurso, Maranhão disse que a pavimentação da estrada será feita logo após a liberação do empréstimo que o Governo do Estado está conseguindo junto à Corporação Andina Financeira, instituição financeira internacional que vai permitir, segundo ele, a recuperação e pavimentação de várias estradas na Paraíba. O anúncio da pavimentação da rodovia emocionou e levou às lágrimas a ex-prefeita Aurileide Moura.

“A juventude de Poço José de Moura terá um ginásio poliesportivo”, garantiu o governador. Quanto à instalação de novos chafarizes, Maranhão disse que vai determinar estudos técnicos para que esse empreendimento também seja abastecido a partir da Barragem Capivara.

Mais água – Em seguida, a comitiva governamental se dirigiu até a comunidade Fazenda Nova, zona rural de Santarém, onde Maranhão entregou o abastecimento d’água, cumprimentou moradores da localidade e recebeu abraços de agradecimento pela chegada da água tratada e boa qualidade.

Depois José Maranhão esteve na cidade de Bernardino Batista, onde foi recebido pelo prefeito José Edomarques Gomes (PMDB) em frente à prefeitura municipal.

O governador terminou a maratona de inaugurações desta quinta-feira (7) nas cidades de Poço Dantas e Santarém, onde foi recebido, respectivamente, pelos prefeitos Itamar Moreira e Lucrécia Adriana, com quem entregou sistemas de abastecimento d’água. A chegada da água em Santarém foi motivo de festa com um show em praça pública. Nesta sexta-feira (8), o governador José Maranhão inaugura obras semelhantes em comunidades dos municípios de Vieirópolis, Santa Cruz, São Francisco, Lastro e Uiraúna.

Investimentos – Ppara construir a Adutora Capivara, o Governo do Estado investiu cerca de R$ 35 milhões, beneficiando uma população em torno de 60 mil pessoas. A obra é considerada na área de infraestrutura uma das mais importante no conjunto de ações promovidas através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), envolvendo recursos federais dos Ministérios da Integração Nacional e das Cidades, com contrapartida estadual de cerca de 25% do valor investido.

Na cidade de Poço José de Moura, a aposentada Augusta Gonçalves Pinheiro, 77 anos, disse que a água tratada é o maior presente que o Governo do Estado está levando para a população. “É a maior felicidade da minha vida”, acrescentou.

A presidente da Câmara Municipal, vereadora Veluma Aiala, lembrou que a população vivia reclamando da qualidade da água que chegava salobra as casas e sempre deixava sujeira.

Água boa chega ao campo através de 100 quilômetros de tubulações

Numa extensão de aproximadamente 100 quilômetros, as águas da Adutora Capivara vão abastecer, através dos chafarizes, as comunidades rurais dos seguintes municípios:
Santarém: Santa Rita, Várzea de Cacimba, Sítio Cassiano, Fazenda Nova. Este município foi beneficiado com a construção de mais de dois chafarizes por determinação do governador José Maranhão, em atendimento a prefeita Lucrécia Adriana. Serão atendidas com essas obras complementares as comunidades Coutinho e Cafundó.

Bernardino Batista: Ponta de Serra e Barbosa. Poço Dantas: Assentamento Bom Jesus, Sítio Carcará, Sítios Angico Torto e Queimadas.

Uiraúna: Sítios Agreste, Graciosa, Quixaba de Baixo, Quixaba de Cima e Moreira.
Santa Cruz: Sítio São Pedro.

Com apenas 10 meses à frente do Governo do Estado, Maranhão entrega uma obra aguardada pela população daqueles municípios sertanejos. Além das comunidades, também serão beneficiados com as águas da adutora Capivara produtores rurais, por meio de sistemas de irrigação.

Depoimentos – “Resido aqui em frente a esse chafariz e não vejo a hora desse benefício chegar e beber uma água de qualidade”, disse o aposentado Expedito Gomes da Silva, de 83 anos, morador da comunidade Fazenda Nova, município de Santarém.

Residente na localidade há 32 anos, onde mora mais cinco pessoas, o aposentado utiliza água proveniente do Rio do Peixe. “Estamos aguardando com ansiedade a presença do governador para abrir a torneira”, salientou.

Francisca Araújo de Oliveira, 76 anos, e o esposo dela, José Pedro de Oliveira, de 74, também moram próximo do chafariz e utilizam a mesma água que Expedito consome: vem do Rio do Peixe até uma caixa d’água e é distribuída para a comunidade.

No Assentamento Bom Jesus, município de Poço Dantas, residem 22 famílias e todas serão beneficiadas a partir desta quinta-feira com água de boa qualidade.

Atualmente utilizando água do Rio do Peixe, o agricultor José Augustinho Dantas, de 69 anos, fez questão de mostrar o líquido consumido por sua família. “Nunca tomei água da Cagepa. Agora eu sei que ela vem porque o governador vai abrir a torneira”, disse, demonstrando esperança e alegria. O assentamento foi criado em 1995. José Augustinho é natural de São João do Rio do Peixe e se mudou para aquela comunidade com apenas seis anos de idade. “Agora tenho minha casa e vou receber água boa”, comemorou.

Cardoso Filho, com fotos de Antônio David, da Secom-PB