João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão lança Programa para fortalecer caprinovinocultura na PB

sexta-feira, 28 de maio de 2010 - 11:01 - Fotos: 
Expandir e aumentar os rebanhos de caprinos e ovinos na Paraíba é a meta do Programa de Fortalecimento da Caprinovinocultura de Produtores de Base Familiar no Estado da Paraíba, uma ação de transferência dos embriões e fomento animal. O Programa foi lançado pelo governador José Maranhão na abertura da VI Exposição Nacional das Raças Nativas de Caprinos e Ovinos e da XIX Exposição Estadual de Caprinos e Ovinos de Taperoá, nesta quinta-feira(27). Implantado na segunda gestão do atual governador, o processo de desenvolvimento da ovinocaprinocultura foi retomado em 2009 e agora ganha força com o repasse temporário de reprodutores e cabras de alto padrão genético a pequenos produtores rurais principalmente do Cariri e do Curimataú.

O governador José Maranhão afirmou que a exposição de caprinos e ovinos de Taperoá restabelece uma tradição que foi constante em seu governo e o programa lançado objetiva a melhoria da genética do rebanho, algo absolutamente necessário porque vai gerar mais lucro para o produtor. “Em função desse trabalho que iniciamos no nosso governo anterior a Paraíba hoje tem a maior produção leiteira do País, porque nossas matrizes leiteiras têm qualidade e a Paraíba é um centro de referência em caprinos e ovinos de qualidade”, destacou. Maranhão parabenizou a capacidade do povo do Cariri que nos últimos dez, doze anos tem contribuído com o crescimento da economia da região.

O programa - A concessão de uso dos caprinos e ovinos envolve 180 animais distribuídos em vinte e cinco núcleos de reprodutores selecionados (cada núcleo com sete fêmeas e um macho), além de alguns machos cedidos individualmente, visando multiplicar de forma mais acelerada a expansão do padrão genético. A estratégia, segundo o presidente da Emepa – Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba, José Costa, é expandir cada vez mais a genética da empresa.

As raças dos animais utilizados no programa são: Savanna,  Palmer e Boer. No momento a Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca está importando mil embriões e até setembro outros mil embriões serão adquiridos com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Esses embriões vão fazer parte do banco de pesquisa da Emepa e seus técnicos serão capacitados na transferência de tecnologia. O Estado tem hoje cerca de 600 mil ovinos e caprinos, resultado de um projeto que teve início no final dos anos 90, com a iniciativa do governador Maranhão que importou dos Estados Unidos e da África animais selecionados de alta produtividade de leite e carne.

O agropecuarista Manuel Dantas Vilar, pioneiro na ovinocaprinocultura na Paraíba, expõe animais selecionados na feira de Taperoá e avalia que a retomada do evento é uma positiva, como fomento e promoção da região. “O Cariri tem que viver da pecuária e esse parque, essa exposição são bem a expressão disto. O governador José Maranhão sempre se manifestou muito interessado nessa exposição e isto pra gente é um motivo de alegria e satisfação”, revelou.

A VI Exposição Nacional das Raças Nativas de Caprinos e Ovinos e a XIX Exposição Estadual de Caprinos e Ovinos de Taperoá, prossegue até este sábado. O governador, na abertura do evento, foi recepcionado pelo prefeito Deoclécio Moura, o vice-prefeito Suetônio Vilar Campos, os prefeitos de Assunção, Livramento, Quixaba, Sumé, dentre outros, vereadores e demais lideranças do Cariri.

O prefeito Deoclécio Moura afirma que as exposições são tradicionais e foram retomadas no ano passado com o apoio do Governo do Estado e outros parceiros. De 2003 a 2008 as duas feiras de caprinos e ovinos não foram realizadas. “É um evento de grande importância para os criadores e produtores”, avalia o prefeito. Do evento constam o julgamento de animais, projetos de melhoramento genético das raças com implantação de núcleos e distribuição de animais, torneio leiteiro, distribuição de mudas, feira agroecológica, festa da agricultura familiar do Cariri, dentre outras atividades.

O prefeito ressalta que a base do desenvolvimento da economia do Cariri é a caprinovinocultura. A Paraíba hoje é o maior produtor de leite de cabra do Brasil e Taperoá tem o maior rebanho em qualidade genética. A região já trabalha em projetos que visam o abate de caprinos e ovinos para exportação de carne para o exterior.

Deoclécio Moura destacou que criadores e produtores de todo o Cariri paraibano estão participando do evento que tem o patrocínio do Governo do Estado (Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Emater, Emepa e Empasa), Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Sebrae, Ministério do Turismo e da Prefeitura de Taperoá. A programação cultural das exposições terá shows com Santana, o cantador, Ermelinda e Banda, Os Três do Nordeste, dentre outras atrações.

Josélio Carneiro, com fotos de manodecarvalho, da Secom-Pb