João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão inaugura obras de ampliação de maternidade em Patos

terça-feira, 21 de dezembro de 2010 - 15:29 - Fotos: 
O município de Patos possui agora um centro de referência da saúde da mulher. No final da manhã desta terça-feira (21), o governador José Maranhão inaugurou as obras de ampliação da Maternidade Peregrino Filho, que passou a ter 107 leitos – 60 a mais –, além das unidades de terapia intensiva materna e infantil, entre outros serviços que vão ajudar a salvar vidas de mães e bebês em situação de risco. Foram investidos cerca de R$ 15 milhões em obras físicas e aquisição de equipamentos.

Acompanhado do secretário da Saúde, José Maria de França, do superintendente da Suplan, Gilson Frade, do prefeito Nabor Wanderley, da deputada estadual Francisca Mota e do deputado federal eleito Hugo Mota, entre outras autoridades e auxiliares, o governador José Maranhão visitou as novas dependências da maternidade e, em seguida, descerrou a placa de inauguração das obras, que receberam as bênçãos do padre Elias Ramalho.

Em seu pronunciamento, o governador José Maranhão destacou que vivia um momento feliz porque estava chegando ao fim de uma gestão de período curto, porém com eficiência, dignidade e buscando oferecer obras e serviços ao povo paraibano. “Nosso governo teve presença efetiva em todos os municípios e em todas as áreas, especialmente a da saúde, que estava com uma cratera enorme e onde até mesmo a Constituição era desrespeitada”, reiterou.

Maranhão salientou ainda que o seu governo sempre teve um zelo especial com Patos, buscando atender as necessidades de sua população desde a sua primeira gestão, lembrando a solução para o problema do abastecimento d’água com a construção da adutora e as melhorias nos Hospitais Regional e Infantil, entre outros serviços. “Restauramos e continuamos restaurando mais de 15 hospitais, mas nenhum trabalho foi feito com tamanho esmero como esse”, revelou ao se referir às obras realizadas na Maternidade Peregrino Filho.

O secretário da Saúde, José Maria de França, fez questão de ressaltar as obras que o governador José Maranhão, desde a sua primeira gestão, realizou no setor de saúde no município de Patos. Ele lembrou que o Hospital Infantil sequer possuía um raio X, enquanto o Hospital Regional era pequeno e funcionava com dificuldades, sem contar a má qualidade do sangue oferecido aos pacientes, a precariedade do laboratório e a inexistência de um centro de imagem. E comentou que, além da melhoria destes serviços, a cidade hoje conta também com uma unidade de hemodiálise.

O prefeito Nabor Wanderley agradeceu ao governador José Maranhão “pela sua determinação, coragem e compromisso em melhorar a vida dos paraibanos” e disse que ele mudou a história da saúde de Patos, melhorando a sua infraestrutura, que servirá para o atendimento não somente da população local, mas de toda a região do Sertão.

A MATERNIDADE

Com os serviços de ampliação, a Maternidade Peregrino Filho ganhou bloco de enfermarias; unidades de terapia intensiva materna (seis leitos) e infantil (10 leitos); unidade de cuidados intermediários – UCI (10 leitos); centro cirúrgico e obstétrico; farmácia; almoxarifado; serviço de nutrição e dietética; central de material esterilizado e laboratórios.  

Além de ser agora um centro de referência da saúde da mulher no Sertão, a maternidade também atenderá as grávidas de alto risco, que não precisarão mais buscar atendimento em João Pessoa ou Campina Grande. O mesmo cuidado especial será dado aos bebês, que contam com a UTI neonatal e a UCI.

A reforma e ampliação da maternidade foram iniciadas no segundo governo de Maranhão, mas não teve continuidade na gestão seguinte. Os investimentos nas obras físicas e na compra de equipamentos somaram R$ 14,9 milhões. A maternidade, que funciona com 47, possui agora 107 leitos (60 a mais), incluindo os de UTI.

Cleane Costa, com fotos de Mano de Carvalho, da Secom