Fale Conosco

17 de maio de 2009

Maranhão inaugura maternidade em Santa Rita



O governador José Maranhão presidiu no final da tarde deste sábado (16) a inauguração da reforma ampliada da Maternidade do Hospital Governador Flávio Ribeiro Coutinho, na cidade de Santa Rita, administrada pelas religiosas da Congregação das Filhas do Coração Imaculado de Maria, conhecidas por Irmãs Cordimarianas.

A ampliação daquela maternidade foi realizada após a aprovação de emenda parlamentar do então senador José Maranhão e do deputado federal Manoel Júnior no valor de R$ 300 mil, que proporcionou na construção de mais dois salões. Segundo a direção da maternidade, um deles será transformado em enfermaria para 12 leitos e, com isso, passando de 22 para 42 leitos.

Maranhão, acompanhado pelo deputado Manoel Júnio, secretário Ricardo Porto e o comandante da Polícia Militar, coronel Jácome Carvalho, foi recebido pelas irmãs Maria Desterro Rocha, do Piauí e Maria de Fátima Silva, administradora do hospital e maternidade “Fundação Flávio Ribeiro Coutinho”, se dirigindo para o auditório.

A irmã Fátima iniciou seu discurso dizendo: “Maranhão para nós não é um político, é um grande amigo”. Além do governador, ela parabenizou o deputado Manoel Júnior.

Antes do corte da fita simbólica o governador fez um pronunciamento onde enalteceu a direção da maternidade. Maranhão disse que o melhor presente para um administrador, na sua trajetória, é ver o dinheiro público aplicado com eficiência, com honestidade e, sobretudo, com transparência. “Sinto-me muito feliz de estar aqui para inaugurar essa obra”.

O hospital da Fundação Flavio Ribeiro Coutinho, dirigido por dez religiosas da Congregação Cordimarianas, atende uma média de 4 mil pacientes por mês, através de cirurgia, obstetrícia, clínica e atendimento médico em geral.

A maternidade, recém inaugurada, possui berçário, sala de amamentação, sala de prescrição, alojamento para os médicos de plantão, sendo um para homem e outro para mulher e sete enfermarias.