João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão inaugura Coletoria e faz assinatura de ordens de serviço

sábado, 6 de março de 2010 - 10:52 - Fotos: 
Uma grande festa na principal avenida da cidade marcou a assinatura de ordem de serviço de várias obras que vão beneficiar a população do município de Pedras de Fogo, tanto na zona urbana como na zona rural e ainda a inauguração das reformas do prédio da Coletoria Estadual.

A primeira parada do governador José Maranhão foi na coletoria estadual para inaugurar a reforma do prédio onde descerrou a placa e em seguida visitou as instalações.

O prédio passou por ampla reforma, sendo investido o valor de R$ 20.560,00 em melhorias na estrutura física, desde a pintura, troca do piso, refrigeração, iluminação, instalação hidráulica e outros serviços, com o objetivo de oferecer melhor atendimento ao contribuinte. Há sete anos a Coletoria de Pedras de Fogo não passava por uma reforma como a realizada nos últimos meses.

A Coletoria de Pedras de Fogo é uma das 37 existentes no Estado. No exercício de 2009 foram arrecadados, nesta Coletoria, R$ 2 milhões e 197 mil. “Esta unidade fiscal é de grande importância para o Estado já que é responsável por parte do controle da fiscalização na fronteira Paraíba/Pernambuco, tendo sob sua jurisdição o Posto Fiscal de Pedras de Fogo”, disse o secretário Anísio de Carvalho Costa Neto, presente a solenidade.

Além do secretário da Receita Estadual estiveram presentes a solenidade a prefeita Maria Clarice Ribeiro Borba, deputado federal Manoel Júnior, secretária Lena Guimarães (Comunicação), comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Roberto Rodrigues, vários auxiliares do governo estadual e lideranças políticas da região.

Após a inauguração da coletoria estadual o governador e comitiva se dirigiram para um palanque armado no centro da cidade onde aconteceram a entrega de casas do conjunto Manoel Alves da Silva, assinatura do contrato para construção de 168 unidades habitacionais e ordens de serviço para construção do Centro Vocacional Tecnológico, drenagem e pavimentação de 11 ruas, construção do ginásio coberto da comunidade Santa Terezinha, escola em qualificação turística e de uma das obras mais importantes para a região, que é a conclusão do Hospital Regional de Pedras de fogo.

Recursos – As obras, cujas ordens de serviço foram assinadas nesta sexta-feira, contam com recursos dos governos estadual e federal. Para a conclusão do hospital regional o governo federal repassou R$ 2.571.429,00 e contrapartida de R$ 79.529,00 da prefeitura municipal. Os equipamentos hospitalares serão adquiridos a partir de convênio com o governo estadual.

O hospital está projetado para funcionar com 50 leitos e prestará assistência a mais de 100 mil pessoas, tanto de Pedras de Fogo como de outros municípios, inclusive de Pernambuco. A verba para a conclusão do hospital foi conseguida pelo então senador José Maranhão quando presidente da Comissão de Orçamento do Congresso Nacional.

José Maranhão em rápido discurso disse que a saúde é prioridade em qualquer governo e por conta disse está investindo na recuperação de hospitais em vários municípios do Estado e citou o Hospital de Emergência e Trauma como uma das maiores obras do seu governo nessa área, que também abrange a rede de hemocentro. Ao final prometeu voltar a Pedras de Fogo para inaugurar o hospital.

Antes do discurso do governador a banda que se apresentava tocou a música “Amigos’ de Roberto Carlos, deixando José Maranhão emocionado.

A prefeita Clarice Borba disse que a presença da povo na rua para prestigiar aquela solenidade era uma forma de demonstrar o agradecimento ao governador José Maranhão pelo trabalho que vem realizando em prol de Pedras de Fogo e garantiu que a prefeitura vai fiscalizar a celeridade das obras.

O deputado federal Manoel Júnior lembrou do empenho do governador, quando senador da República, para a liberação de verba para ser investido na conclusão do hospital de Pedras de Fogo e disse que somente no Trauma de Campina Grande o governo do Estado está investindo mais de R$ 100 milhões, obra que será entregue até o mês de junho.
 

Cardoso Filho, com fotos de Mano de Carvalho