João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão entrega benefícios para mudar a vida do povo de Monteiro

quarta-feira, 31 de março de 2010 - 16:18 - Fotos: 

O governador José Maranhão visitou na manhã desta quarta-feira (31), o município de Monteiro, onde anunciou e entregou diversos benefícios à população que vão proporcionar desenvolvimento, melhoria da qualidade de vida e contribuir para a redução do êxodo rural. A conclusão da reforma e ampliação do Hospital Regional Santa Filomena mereceu destaque por representar o maior investimento que o município recebeu de uma administração pública: cerca de R$ 15 milhões.

Maranhão chegou a Monteiro por volta das 10h30, sendo recebido no aeroporto local por autoridades municipais, lideranças políticas da região do Cariri e a população. Em seguida, se dirigiu ao Hospital Regional Santa Filomena, onde uma multidão se concentrava desde cedo para recebê-lo. Antes de subir no palanque armado em frente ao hospital, o governador visitou as instalações da unidade de saúde onde constatou o abandono da obra pela administração anterior.

Mudando o cenário – “As funções administrativas, sobretudo, são funções através das quais o administrador público, o representante do povo realiza o seu compromisso maior, que é o aplicar com honestidade e buscando a eficiência os recursos públicos, que pertencem a toda sociedade”, destacou o governador, comentando que deixou a Paraíba como se fosse um canteiro de obras e recebeu seis anos depois como um ‘cemitério de obras’, devido “a uma visão mesquinha e tacanha do governador que me sucedeu”.

Ele ressaltou que com as obras ora em execução o cenário se tornará diferente e citou os investimentos realizados na região do Cariri em pouco mais de um ano de governo. Somente na retomada das obras de hospitais inacabados nos municípios de Sumé, Taperoá e Monteiro os recursos alocados são de aproximadamente R$ 30 milhões, segundo informou.

Respeito ao povo – O governador José Maranhão comentou que não poderia voltar a Monteiro de “mãos abanando”, ao enunciar os benefícios levados para a população do município: a reforma e ampliação do Hospital Regional Santa Filomena, entrega de 300 títulos de propriedade de terra, certificados de qualificação profissional a 90 jovens, retomada do Programa de Fortalecimento da Caprinocultura (melhoria genética), a autorização para execução da segunda etapa do Convênio de Regularização Fundiária e ampliação do Programa do Leite, que agora será adicionado do cuscuz.

“São coisas como tal que caracterizam um governo que realmente tem o respeito ao povo, um governo que trabalha e tem a preocupação de prestar contas de todos os seus atos. E é por isso que nós estamos trabalhando, é por isso que hoje podemos voltar a Monteiro de cabeça erguida e com a consciência tranquila de que estamos cumprindo com o nosso dever”, observou Maranhão para salientar ser um grande desafio fazer em dois anos o que deveria ser realizado em quatro anos.

Dia histórico – A secretária executiva da Saúde, Lourdinha Aragão, afirmou que Monteiro estava vivendo um dia histórico na sua vida pública e administrativa, principalmente por conta da assinatura da ordem de serviço para retomada das obras do Hospital Regional Santa Filomena. E falou da sua satisfação em servir ao governo sob o comando de José Maranhão.

O deputado estadual Carlos Batinga, por sua vez, disse que vivia um dos dias mais felizes como monteirense, caririzeiro e parlamentar e manifestou sua emoção por ver que os pleitos da população agora são atendidos, após seis anos de fora do mapa político, do mapa administrativo e do mapa do desenvolvimento da Paraíba.

Já o deputado federal Wilson Santiago comentou que estava testemunhando o que a Paraíba não via há mais de sete anos. “Um governo de forma itinerante distribuindo ações e levando o que a população espera de um governo comprometido com o povo”, disse.
O vice-prefeito de Monteiro, Eugênio Henrique, agradeceu ao governador José Maranhão os benefícios levados ao município e, emocionado, lembrou o sofrimento dos pacientes de hemodiálise, que três vezes por semana tinham que se deslocar ao município de Arcoverde (PE), mas que agora poderão fazê-lo no Hospital Regional Santa Filomena.

Benefícios – Sob aplausos, José Maranhão assinou a ordem de serviço para a conclusão da reforma e ampliação do Hospital Regional Santa Filomena, onde serão investidos cerca de R$ 15 milhões, sendo R$ 4.006.470,22 nas instalações físicas e outros R$ 10.893.626,40 na compra dos equipamentos.

Com as obras, o hospital, que atende mais de 100 mil pessoas do Cariri paraibano, vai mais que dobrar o número de leitos, que passarão de 42 para 106, dos quais 100 serão destinados para internação (enfermarias, pós-operatório e isolamento) e seis para UTI.

Além de clínica médica, cirúrgica, pediátrica e obstétrica, o hospital atende casos de urgência e, após a conclusão da obra, será referência na região do Cariri no tratamento de hemodiálise, facilitando a vida dos pacientes que, hoje, precisam se deslocar a Campina Grande e João Pessoa para realizar as sessões. O setor de hemodiálise terá 20 máquinas.

Posse da terra – Na mesma solenidade, o governador José Maranhão entregou cerca de 300 títulos de regularização fundiária, beneficiando 1.116 famílias de 14 comunidades rurais, que agora serão donos da terra onde moram. Os títulos fazem parte da primeira etapa de execução do Convênio de Regularização Fundiária, executado pelo Instituto de Terras e Planejamento Agrícola da Paraíba (Interpa) em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Maranhão também autorizou a execução da segunda fase do convênio, cujo objetivo é cadastrar e regularizar até agosto deste ano 74 mil hectares em 2.200 imóveis rurais no município. A agricultora Iraci Pereira agradeceu o benefício e disse que o governador merecia nota 10. Ele ainda lançou a primeira etapa da campanha de vacinação contra aftosa, cuja meta é imunizar 1,3 milhão de bovinos e bubalinos. A vacinação começa nesta quinta-feira (1º) e se estenderá até o dia 30 de abril.
 
Também na mesma solenidade, o governador fez a entrega simbólica de 90 certificados dos cursos de qualificação profissional do programa Projovem (Criação de Pequenos Animais, Artesanato e Manutenção de Computador) e anunciou a abertura de mais 15 mil vagas com a renovação do convênio junto ao Governo federal. A jovem Valéria Regina, uma das concluintes, agradeceu a oportunidade que o Governo Maranhão estava dando aos jovens, “que sempre foram esquecidos”, mas que agora poderiam ingressar no mercado de trabalho.

Cleane Costa, com fotos de manodecarvalho, da Secom-PB