João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão empossa Vita e pede austeridade e agilidade nas ações

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009 - 17:57 - Fotos: 
O governador José Maranhão empossou nesta quarta-feira (23), às 11h30, no Palácio da Redenção, o advogado Roosevelt Vita no cargo de secretário chefe da Controladoria Geral do Estado (CGE), em substituição ao Élson Pessoa de Carvalho, que pretende integrar lista sêxtupla da secção paraibana da Ordem dos Advogados dos Brasil (OAB-PB), para disputar uma vaga de desembargador no Tribunal de Justiça. Também tomou posse na ocasião o coronel Maurício Souza de Lima, que assume interinamente a Secretaria de Cidadania e Administração Penitenciária (Secap).

O governador aproveitou a solenidade para pedir aos seus auxiliares mais agilidade e qualidade na prestação dos serviços ao povo da Paraíba. Voltou a pronunciar uma frase que ficou conhecida em suas duas administrações anteriores, que era “austeridade para consolidar o desenvolvimento”. Ele lembrou que a Paraíba de hoje exige uma compensação do período encurtado de sua administração com ações e reformas ágeis.

Ao exigir celeridade em todas as secretarias e demais órgãos da administração estadual, Maranhão disse que caberá a Controladoria exercer com mais rigor suas funções “neste momento administrativo que a Paraíba deve começar a presenciar. Somos servidores, não somos donos dos cargos que exercemos, mesmo o mais privilegiado servidor; existimos para prestar bons serviços a sociedade”, afirmou.

Missão – O governador disse que a Controladoria tem a missão de trabalhar para acelerar o processo administrativo que pretende implantar na Paraíba, já que sua gestão foi encurtada pela metade e, por isso, “é preciso se fazer as coisas com celeridade, mas sem atropelar as leis. A CGE também tem por obrigação orientar os demais órgãos do governo na atuação e na condução de suas atribuições”.

O secretário Roosevelt Vita disse que esta era a quinta vez que assumia um cargo em administrações do governador José Maranhão. Sobre a pasta que acaba de deixar, disse que tinha contribuído para consolidar um processo de cidadania junto aos apenados, apesar de ter encontrado a Secretaria da Cidadania e Administração Penitenciária sucateada. Anunciou que no próximo ano será realizado projeto cultural nos presídios de João Pessoa e Campina Grande, com exposição de trabalhos artesanais e musicais produzidos pelos apenados.

Estiveram presentes na solenidade, o vice-governador Luciano Cartaxo, o procurador geral do Estado, Osvaldo Trigueiro do Vale, representantes do Poder Judiciário, da Assembléia Legislativa, diversos secretários e auxiliares do governo.

José Nunes, com fotos de Manodecarvalho, da Secom-PB