João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão empossa auxiliares e quer rapidez na conclusão de obras

segunda-feira, 5 de outubro de 2009 - 14:25 - Fotos: 
Ao empossar nesta segunda-feira (5) quatro novos secretários, em solenidade no Palácio da Redenção, em João Pessoa, o governador José Maranhão disse que “a descontinuidade administrativa traz retrocesso à implantação de ações que contribuem para consolidar o desenvolvimento econômico e social”, e lembrou que não basta buscar recursos, “mas é preciso ter projetos, aplicar corretamente e com rapidez para a conclusão das obras inacabadas”. Segundo ele, foi o que se viu nos últimos seis anos, mas que a partir de agora “a meta é dar prosseguimento às obras que encontramos paralisadas”.

Tomaram posse Ana Cláudia Nóbrega Vidal do Rego, na Secretaria de Interiorização da Ação do Governo; o deputado Leonardo de Melo Gadelha, na Infraestrutura; Levi Leite, na Articulação Governamental, e Ivani Bezerra Cavalcanti Mesquita como secretária-executiva da Casa Civil do Governador. Estiveram presentes, deputados estaduais e federais, o prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego, prefeitos de diversas cidades e familiares dos empossados. “Composta a equipe, a meta agora é trabalhar”, disse o governador.

Só trabalho – Conforme o chefe do Executivo, a realização de obras está sendo tratada com responsabilidade porque elas pertencem à sociedade. Ele disse que o ano de 2009 tem sido dedicado a execução do plano de recuperação do Estado e de cuidar dos interesses da Paraíba. “A campanha eleitoral não será antecipada. Em 2009 nossa campanha é trabalhar”, comentou.

Lembrou a marca de sua administração anterior, baseada na austeridade e no trabalho, o que “estava faltando e o povo vinha reclamando disso no gerenciamento da administração pública. Trabalho é o compromisso que assumimos com os paraibanos, que vão continuar unidos. A recuperação da Paraíba tem que ocorrer rapidamente”, afirmou o governador.

Investimentos – Maranhão observou que a Paraíba está com uma capacidade invejável de investimentos, mas vinha ocupando uma posição muito baixa com relação ao percentual de aplicação de recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), que não ultrapassava 2% ao assumir o governo no mês de fevereiro. “Os recursos dormiam nos bancos. Em seis meses realizamos mais de 42% das obras do PAC. Não nos amedrontamos com o tamanho do problema, porque com competência vamos resolver tudo”, prosseguiu.       

Sobre os novos secretários que passaram a integrar sua equipe de governo, Maranhão ressaltou se tratar de pessoas competentes e sintetizava a escolha deles pela lealdade e identificação com diretrizes do seu governo. Por várias vezes repetiu o juramento perante os paraibanos de continuar trabalho intensamente pela reconstrução do Estado. “Não é fácil encontrar pessoas com apetrechos de lealdade e competência administrativa”, acrescentou.

Avaliação – O novo secretário da Infraestrutura, Leonardo Gadelha, informou que este ano a meta é prosseguir com as ações já executadas, mas já começa a pensar no planejamento para o ano de 2010, com a definição de obras estruturantes que consolidem o desenvolvimento sustentável da Paraíba, junto com os demais órgãos estaduais. “Encontramos uma equipe motivada e com certeza isso vai ajudar para que aproveitemos bem esse tempo à frente da Secretaria”, afirmou.

Elogiou a autonomia dos órgãos ligadas à Secretaria de Infraestrutura, o que vai garantir o bom gerenciamento das ações. Destacou, ainda, as construções do Centro de Convenções de João Pessoa, do Hospital de Trauma de Campina Grande, as obras das várzeas de Sousa e melhoria do Porto de Cabedelo como sendo fundamentais para incrementar o desenvolvimento econômico e social da Paraíba, com a garantia de geração de mais oportunidades de trabalho e de renda.

O secretário Levi Leite, da Articulação Governamental, cuja atuação mais efetiva se dará em Brasília, disse que vai primar pela agilização de todos os pleitos da Paraíba junto ao Governo Federal. Disse que a determinação do governador “é velocidade na operacionalização de pleitos, num esforço coletivo com a finalidade de enfrentar as dificuldades”. Para melhor atendimento e acompanhamento, ele revelou estar fazendo um minucioso levantamento acerca dos pleitos do governo encaminhados aos ministérios.

Já a secretária Ana Cláudia Nóbrega Vital do Rego, da Interiorização da Ação Governamental, órgão que fica localizado em Campina Grande, disse que assumia o cargo com muita disposição para trabalhar, a exemplo do governador e demais integrantes da equipe de governo. “A Secretaria vai trabalhar para o fortalecimento da interligação do governo com a sociedade, procurando descentralizar o trabalho e ampliando as parcerias”, garantiu. A secretária-executiva da Casa Civil, Ivani Bezerra Cavalcanti Mesquita, disse que também espera contribuir para o sucesso da administração do governador José Maranhão.     
                

José Nunes, com fotos de manodecarvalho, da Secom-PB