João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão diz que Hospital de Trauma de Campina Grande será referência no país

terça-feira, 25 de maio de 2010 - 17:56 - Fotos: 

Nos próximos dias, o Governo do Estado vai inaugurar o Hospital de Trauma e Urgência de Campina Grande. Os investimentos no Hospital de Trauma chegam aos R$ 105 milhões, sendo que R$ 55 milhões em equipamentos e R$ 50 em obras físicas. Nesta terça-feira (25), no programa semanal de rádio ‘Palavra do Governador’ Maranhão ressaltou a importância do hospital para a cidade e para toda a Paraíba. “Desde que assumimos o Governo, assumimos também com a Paraíba um compromisso de honra, um compromisso de priorizar a área de saúde, de educação e a área de segurança pública, além da malha rodoviária do Estado. Estamos ponto a ponto cumprindo com a nossa palavra”, revelou o governador.

“Além de outros catorze hospitais que estão na reta final para ser inaugurados, nós vamos inaugurar a obra do século na Paraíba que é o Hospital de Trauma e Urgência de Campina Grande”, comemorou Maranhão. Ele afirmou que faltava à rede hospitalar do Estado este grande hospital, que tem 262 leitos e vai atender Campina Grande, o compartimento da Borborema, os municípios do Curimataú, do Brejo e do Sertão, permitindo, assim, um atendimento adequado e, sobretudo, eficiente.

Maranhão garantiu que o hospital é de primeiro mundo, dentro da visão que ele tem de que o hospital público deve ter a mesma qualidade, a mesma eficiência que tem o hospital da rede privada, porque os hospitais públicos são construídos e mantidos com recursos do cidadão, que paga imposto. “Nós nos orgulhamos muito de poder oferecer um serviço de qualidade ao cidadão paraibano”, declarou o governador.

Referência – O Hospital de Trauma e Urgência de Campina Grande será referência no Estado e o segundo maior do Norte Nordeste em atendimento a casos de alta complexidade a pacientes assistidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Com uma área construída de 22 mil metros quadrados, a unidade será referência para 1,9 milhão de paraibanos, mais da metade da população do Estado no Cariri, Brejo, Curimataú e Sertão. A área total do terreno é de 72 mil metros quadrados (sete hectares).

Estrutura – No total, o hospital terá 262 leitos, sendo 30 de UTIs pediátrica, adulto e de queimados; 26 de observação na emergência e urgência e seis no isolamento. Na emergência, haverá clínicas médicas, cirúrgicas, ortopédicas e traumatológicas; mais pediatria traumatológica, oftalmologia, otorrinolaringologia, neurologia e buco-maxilar-facial. Contará, ainda, com Centro Cirúrgico dotado de seis salas de cirurgia (e uma de recuperação com sete leitos) e três UTIs (cada uma com 10 leitos, incluindo a UTI de Queimados).

A unidade ainda contará com sala de pequenas intervenções, centro de diagnóstico, laboratório de análises clínicas, farmácia e manipulação, serviços gerais, oficinas e Heliporto. O estacionamento terá capacidade para 654 vagas.

 

Josélio Carneiro, da Secom-PB