Fale Conosco

8 de junho de 2009

Maranhão autoriza retomada da 2ª etapa da adutora do Congo



Racionamento nunca mais. Essa foi a expressão usada pela população de Ouro Velho para receber o governador José Maranhão no início da noite desta segunda-feira, quando assinou a ordem de serviço para início da segunda etapa da adutora do Congo, obra considerada a redenção de aproximadamente 24 mil habitantes de sete cidades do Cariri paraibano. Os serviços totalizam investimentos da ordem de R$ 23 milhões, oriundos do Banco Mundial (BIRD) e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com contrapartida do Governo do Estado.

O governador José Maranhão chegou ao município de São João do Cariri por volta das 16h30, sendo recepcionado por lideranças políticas do Cariri e a população local. Em comboio, partiu com a comitiva para o município de Ouro Velho, passando pelas cidades de Serra Branca, Sumé e Prata, onde o povo aguardava nas calçadas e aplaudia a caravana da reconstrução.

Já era noite quando a comitiva chegou ao município de Ouro Velho. Mas a população aguardava e aplaudiu bastante o ato de assinatura da ordem de serviço da adutora do Congo. Maranhão lembrou que o compromisso de realizar essa obra nasceu ainda no seu primeiro governo, há cerca de oito anos, mas ficou paralisada durante seis anos. O governador ressaltou que não fazia discriminação política quando se tratava de levar um bem comum ao povo. “Temos que nos dar as mãos, porque a Paraíba vive num atraso por ter sido privada de obras como essa”, observou.

Ele aproveitou para anunciar outras ações que o seu Governo vai executar ou está executando no Cariri, a exemplo da ampliação dos serviços do Hospital Regional de Monteiro, com a implantação de um serviço de hemodiálise e o melhoramento da central de imagem, além de mais estradas para as quais estão reservados investimentos da ordem de US$ 150 milhões e de construção e recuperação de escolas. “Vou fazer pela Paraíba nesse pouco tempo de governo tudo o que Deus permitir e como ele é bom vai permitir que eu faça muitas obras”, afirmou.

Os prefeitos de Ouro Velho, Inácio Júnior, e de Prata, Marcel Nunes, declararam que a construção da segunda etapa da adutora do Congo representa a redenção hídrica para a região do Cariri. O ex-prefeito de Ouro Velho, Jacinto Dantas, disse que todas as vezes que Maranhão visitou a cidade foi para anunciar obras e agradeceu por mais esta ação que considerou vital para a população. Os deputados Carlos Batinga, Rodrigo Soares e Gervásio Maia enalteceram a ação do Governo Maranhão em prol da melhoria da qualidade de vida do povo paraibano.

Também estiveram presentes à solenidade os prefeito de Serra Branca, Eduardo Torreão, de Amparo, João Luís; e de Sumé, Neto, além dos líderes políticos Fernando de Nego, Murilo de Oliveira, Marcos Torreão, Álvaro Neto, entre outros. E ainda os secretários da Infraestrutura, Francisco Sarmento, da Casa Civil, José Ricardo Porto, e a executiva da Saúde, Lourdinha Aragão.

Cleane Costa,com fotos de Ernane Gomes, da Secom