João Pessoa
Feed de Notícias

Maranhão anuncia apoio para a formação de pilotos

segunda-feira, 17 de maio de 2010 - 08:48 - Fotos: 

O Governo do Estado vai oferecer um subsídio para ajudar na formação de pilotos no Aeroclube da Paraíba. O anúncio foi feito na noite de sábado (15) durante a posse dos 15 novos dirigentes da instituição, que ficarão nos cargos até 2012.

Cerca de R$ 120 mil serão liberados dentro de 30 dias para custear 50% da despesa do curso, cujo valor gira em torno de R$ 12 mil. O beneficio irá contemplar 20 alunos e melhorar as finanças do Aeroclube. As informações foram passadas pelo governador José Maranhão e pelo secretário chefe da Controladoria Geral do Estado, Roosevelt Vita, que participaram da solenidade. Maranhão explicou que essa bolsa já foi criada há alguns anos, mas estava desativada.

“Essa bolsa de estudo foi concedida e criada no meu governo anterior. Na gestão que me sucedeu, ela foi suspensa. Agora, vamos restabelecê-la. Ainda retomamos esse ciclo de ajuda ao Aeroclube, porque a Paraíba é beneficiada por essa instituição, que funciona sem fins lucrativos”, afirmou Maranhão.

Segundo Vita, inicialmente, estão assegurados recursos para subsidiar as despesas de 50% de 20 bolsas. Mas ele revelou que o beneficio poderá ser ampliado e atender um número maior de pessoas. Os requisitos e as condições para receber o incentivo serão anunciados dentro de 30 dias.

O Aeroclube da Paraíba tem 70 anos de existência e 200 sócios. Entre eles, está o governador do Estado, que é piloto há 50 anos. Além de formar comandantes de aeronaves, a instituição oferece aulas de paraquedismo, aeromodelismo, aviação civil e ultraleve.  Maranhão destacou que a instituição gera muitos benefícios para a Paraíba.

“Ela tem o curso de pilotagem mais acessível do Brasil. O valor das aulas é o mais baixo do país. Isso facilita que as camadas sociais mais carentes tenham a oportunidade de conseguir se formar na aviação civil. As festas que o Aeroclube realiza também são abertas ao público e a área de 30 hectares em que o clube está instalado permite a circulação de ar e a ventilação da área, permitindo o clima mais agradável”, acrescentou.

Metas – Parte da diretoria que tomou posse neste sábado, foi reeleita durante o pleito que ocorreu há 15 dias. O presidente do Aeroclube, Rômulo Araújo Carvalho, que ocupa o cargo pelo segundo mandato, disse que as prioridades da nova gestão serão promover ações para aproximar a população do aeroclube. “Queremos recuperar duas aeronaves, construir mais um hangar e reativar os cursos teóricos de piloto privado. Como o Aeroclube está dentro do Bessa, a gente vai construir uma pista para que as pessoas possam fazer caminhadas”, declarou.

Durante a solenidade de posse, foram entregues duas homenagens ao Grupamento de Engenharia da Paraíba devido a serviços prestados ao Aeroclube. Equipes do batalhão foram responsáveis pela construção de um muro de 800 metros de extensão, erguido no entorno da instituição. O sargento Flávio Nóbrega representou o comandante do Grupamento, na solenidade. 

Dirigentes – Além do presidente Rômulo Araújo, tomaram posse na noite de sábado os seguintes dirigentes: brigadeiro da reserva da Aeronáutica do Brasil, Carlos Barbosa (vice-presidente); Sérgio Dantas (Tesoureiro), Hugo Freire (vice-tesoureiro), João Carlos Monteiro (diretor de Ultraleve), Guilherme Coutinho (diretor de Paraquedismo), Marco Nóbrega (diretor de Aeromodelismo), Rogério Igzaby Lubambo (diretor de Instrução), Helder Machado (diretor de Material e Patrimônio),  Raimundo Lima (diretor técnico), George Almeida (diretor de Esportes), Antonio de Pádua Mendes (Segurança de voo), Maria do Carmo Lins (diretora Administrativa), José Barbosa de Moura (diretor de Plastimodelismo) e Viviana Targa (diretora social). 

Nathielle Ferreira, com fotos de Ernane Gomes