Fale Conosco

20 de maio de 2009

Maranhão abre Segundo Seminário Regional de Artesanato



O governador José Maranhão abre às 9h desta sexta-feira, 22, o segundo encontro do Seminário Regional de Artesanato, a ser realizado no Centro de Convenções Raimundo Asfora, no Garden Hotel, em Campina Grande.

A promoção é do Governo do Estado, através do Programa de Artesanato Paraibano, órgão da Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico. O evento está sendo realizado em parceria com o Sebrae e as Prefeituras Municipais em três momentos distintos. O primeiro, foi realizado no último dia 8 em João Pessoa, reunindo 300 artesãos do Litoral e Zona da Mata do Estado. O segundo, que acontece nesta sexta-feira, vai reunir 600 artesãos das regiões do Curimataú, Brejo, Agreste e Cariri, e o terceiro será no dia 29 na cidade de Patos, com artesãos do sertão paraibano.

Os 600 artesãos que estarão nesta sexta-feira em Campina Grande são oriundos dos seguintes grupos de produção artesanal: Grupo de Produção Estrelas de Belém (Belém), Grupo de Produção Arte na Mão (Areia), Grupo Paulina Diniz (Lagoa Seca), Grupo de Produção de Artesanato de Bananeiras, Cooperativa das Bordadeiras de Alagoa Nova, Associação dos Artesãos Rurais de Chã dos Pereira (Ingá), Grupo Sonhar Juntos Para Uma Nova Realidade (Araruna), Rendas da Paraíba (Monteiro), Associação das Mulheres Artesãs de Gurinhém, Associação dos Tecelões e Pequenos Produtores de Boqueirão, Cooperativa de Produção Artesanal de Boqueirão, Retalhos do Cariri (Gurjão), Grupo de Produção Mineral de Picuí, Associação dos Moradores de Riachão, Associação dos Artesãos do Cariri (Serra Branca) e Associação do Progresso dos Moradores de Cuiuiú (Barra de Santa Rosa).

Após o café da manhã no Garden Hotel e a abertura do evento pelo governador José Targino Maranhão, com apresentação da Orquestra Sanfônica, os artesãos irão assistir a palestra "Motivacional", ministrada pelo consultor do Sebrae Paraiba, Valdorilio Soares, onde ele falará da importância de se superar crises, acreditar nos projetos de vida e nunca desistir dos sonhos.

Em seguida acontece a palestra “Mercado Justo", sobre o tema comercialização, ministrada pelo consultor Júlio Ledo de Melo, do Artesanato Solidário e do projeto Jovem Artesão e Pró-Criança de Pernambuco. O objetivo da palestra é mostrar ao artesão a importância de aplicar o preço justo nos seus produtos, para que não se tornem exorbitantes, bem como também não ficarem muito abaixo do mercado. 

O Programa de Artesanato Paraibano, que tem como presidente de honra a arquiteta Sandra Moura e como gestora, a professora Marielza Rodriguez Targino de Araújo, dispõe atualmente de 4.650 artesãos cadastrados em todo o Estado, vivendo de sua profissão e gerando o sustento de suas famílias.

Goretti Zenaide, da Assessoria do Programa de Artesanato Paraibano