João Pessoa
Feed de Notícias

Mais espetáculos serão apresentados na penúltima noite do evento

quinta-feira, 26 de novembro de 2009 - 15:14 - Fotos: 
Personalidades que se destacam na área cultural paraibana serão homenageadas nesta sexta-feira (27), penúltimo dia da 15ª Mostra Estadual de Teatro e Dança, que está sendo realizada no Teatro Santa Roza, em João Pessoa, com apresentação de espetáculos de vários municípios, shows musicais, debates e oficinas. O evento é promovido pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) e encerra a programação comemorativa aos 120 anos do Santa Roza.

Nesta quinta-feira (26), a programação da mostra começa com o monólogo ‘Esparrela’, de João Pessoa, que tem texto, direção e atuação do teatrólogo paraibano Fernando Teixeira. ‘Esparrela’ conta a relação do urubu Arquimedes e seu adestrador Manuel. Em seguida, serão apresentados os espetáculos ‘Vício Mortal’, da cidade de Solânea, dirigido por Tiago Salvador; ‘As Aparências Enganam’, escrita por Nilton Santos a partir de um conto de Ednaldo Silva; ‘A Batalha da Cidade Contra o Rei do Lixo’, uma montagem do grupo jovem Piollin de teatro, de João Pessoa, com direção de Hércules Félix; o premiado ‘Os Sete Mares de Antônio’, de João Pessoa, que tem texto e direção de Tarcísio Pereira; ‘Tom no Pé’, da cidade de Lucena, com direção de Alessandra Mello, e ‘Lunay Troupinikim’, da companhia de dança Tunay, dirigido por Kilma Farias.

Na sexta, espetáculos dentro e fora do teatro

Dois espetáculos encenados na Praça Pedro Américo abrem a programação desta sexta-feira (27), a partir das 18h: ‘Cordel em Retalhos’ e ‘Morte ou Vida Severino’. O primeiro, que tem direção coletiva, apresenta os contadores ambulantes que percorrem os caminhos do sertão nordestino, com suas cantigas e histórias, expressando a força e a luta do povo nordestino. As músicas e danças são frutos da pesquisa do livro ‘Do Lundu ao Samba’, de Elvira D’Amorim e Dinalva Araújo, além de composições do grupo.

 
‘Morte ou Vida Severino’ é uma montagem da Cia Bagunça de Teatro, dirigida por Damião Jocimária. A história se passa em uma pequena cidade do interior da Paraíba, quando o morador Severino, por causa da seca, se vê obrigado a partir para Recife. Durante sua viagem, ele é vítima de várias provações, tendo que vivenciar desafios e aventuras. Depois de muitos anos, Severino volta à sua cidadezinha e constata que ela foi tomada pela violência e pela indecência. ‘Morte ou Vida Severino’ é uma comédia que tem a paz como tema principal, onde a violência é tratada de forma irônica e satírica.

Solenidade terá Antônio Nóbrega

A noite de sexta-feira do teatro Santa Roza estará reservada a uma belíssima homenagem a quem faz cultura na Paraíba. A solenidade, marcada para às 20 horas, começará com a exibição de um documentário sobre o próprio teatro Santa Roza. Em seguida, o governador José Maranhão, o secretário de Educação e Cultura, Francisco de Sales Gaudêncio, e o presidente da Funesc, Maurício Burity, farão a entrega da ‘Menção Honrosa Teatro Santa Roza 120 Anos’ a três personalidades da cultura paraibana nas áreas de teatro, dança e música: Tarcísio Pereira, José Enoch e Radegundes Feitosa, respectivamente. A homenagem foi instituída pelo Conselho Estadual de Cultura.

Após a solenidade, autoridades, homenageados e convidados assistirão a um show do músico, cantor, ator e dançarino pernambucano Antônio Nóbrega e sua banda. Do lado de fora do Santa Roza, telões instalados na Praça Pedro Américo irão transmitir toda a solenidade, inclusive o show de Nóbrega.

No sábado, encerramento da mostra

A última noite da 15ª Mostra Estadual de Teatro e Dança tem apresentação de quatro espetáculos de João Pessoa, debate, entrega dos prêmios e show de encerramento com a banda paraibana ‘Samba Trem das Onze’. Neste sábado (28), ainda serão realizadas duas mesas redondas: às 14h, sobre direitos autorais, que terá Guilherme Amaral (SP), da Associação Brasileira de Música e Artes (ABRAMUS), como conferencista, e Diógenes Maciel, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), como mediador; e às 16h, sobre a construção e fortalecimento dos fóruns, com a bailarina Ângela Navarro e Vant, da Tribo Ethnos, e os atores Buda Lira, Fernando Teixeira e Márcio Marciano.  

As apresentações desta última noite do evento começam com ‘Entre Quatro Paredes’, espetáculo para 40 pessoas com idade acima de 16 anos, que será encenado nos corredores dos camarins do Santa Roza. Esta montagem do Grupo Graxa de Teatro, dirigido e adaptado por Antônio Deon, mostra cinco pessoas desconhecidas confinadas no mesmo lugar, vigiadas por olhares também desconhecidos. Neste lugar, eles refletem sobre o sentido de estarem juntos, libertando-se e aprisionando-se um no outro para poder entender os sentidos de expressar as emoções, de amar, de odiar e de existir.

Em seguida, no palco do teatro, será apresentado o espetáculo ‘Reflexo’, do Grupo Cenário da Dança, que traz em suas coreografias um olhar acerca do viver e suas consequências. Do desconforto do ser o que acham que devemos ser. A direção é de Isabela Aranha. Depois, será a vez de dois espetáculos da Paralelo Cia de Dança dirigidos por Joyce Barbosa: ‘Anima Sola’ e ‘Pulsação’.  O primeiro fala de anima sola, figura religiosa normalmente cultuada em países latinos. Representado por uma mulher seminua, acorrentada em meio ao fogo do purgatório, a “alma solitária” está com as algemas partidas, funcionando como elemento da libertação feminina diante das opressões sociais.

 
‘Pulsação’ busca tratar, dentro de parâmetros como o peso, fluxo, tempo e direção, o contexto do nascimento das relações que são permeadas pela cumplicidade.  Já o espetáculo ‘O Circo da Natureza’, de autoria de Marco Camarotti e direção de Sandra Barbosa, será encenado no palco do Bar dos Artistas.

Haverá ainda debates sobre os espetáculos da noite e a entrega da premiação aos espetáculos vencedores, escolhidos por júri popular. Três espetáculos de teatro e três de dança receberam prêmios em dinheiro: o 1º lugar, R$ 3 mil; o 2º, R$ 2 mil, e o 3º, R$ 1 mil.

A noite de encerramento da Mostra de Teatro e Dança termina com um show da banda paraibana ‘Samba Trem das Onze’, que conta no seu repertório com músicas de Noel Rosa, João Nogueira, Gilberto Pereira, Paulinho da Viola e Bezerra da Silva, dentre tantos outros mestres do samba. De acordo com o vocalista Chico Limeira, “o objetivo do grupo é levar às pessoas a felicidade em forma de samba, conservando as belíssimas canções feitas n’outras eras e reverenciando os grandes gênios da música brasileira”. ‘Samba Trem das Onze’ tem Chico Limeira no vocal e no cavaco; Regina Limeira, vocal e violão; Tibério Limeira no pandeiro; Paulinho Tazz no cajon, e Kayo Cabeça no surdo.

Confira a Programação:

Quinta-feira

26/11

    18h00    Theatro Santa Roza    Esparrela    Fernando Teixeira

    18h50    Palco do Bar dos Artistas    Vicio Mortal     Tiago Salvador
    19h30    Theatro Santa Roza    As Aparências Enganam    Nilton Santos
    20h10    Palco do Bar dos Artistas    A Batalha da Cidade Contra o Rei Lixo    Hércules Felix
    20h50    Theatro Santa Roza    Os Sete Mares de Antonio    Tarcísio Pereira
    22h10    Theatro Santa Roza    Tom no Pé    Alessandra Mello
    22h40    Theatro Santa Roza    Lunay Troupinikim    Kilma Farias
    23h10    Palco do Bar dos Artistas    Show da Noite

Sexta-feira

27/11    18h00    Praça Pedro Américo    Cordel em Retalhos    Direção Coletiva
    19h00    Praça Pedro Américo    Morte ou Vida Severino    Damião Jocimária
    20h00    Theatro Santa Roza    Solenidade de Entrega do Premio 120 Anos do
 Theatro Santa Roza

    21h00    Theatro Santa Roza    Exibição do documentário sobre
o Theatro Santa Roza

    21h30    Theatro Santa Roza    Espetáculo Antonio Nóbrega

    23h45    Theatro Santa Roza    Show da Noite

Sábado
 

28/11    18h00    Theatro Santa Roza
Corredor dos Camarins    Entre Quatro Paredes
Espetáculo para 40 pessoas  maiores de 16 anos    Antonio Deol
    19h10    Theatro Santa Roza    Reflexo         Isabela Aranha
    19h50    Theatro Santa Roza    Anima Sola    Joyce Barbosa
    20h30    Theatro Santa Roza    Pulsação    Joyce Barbosa
      20h00    Palco do Bar dos Artistas    O Circo da Natureza    Sandra Barbosa
    DEBATES
    19h30    Debate do Espetáculo da Noite – Teatro

    20h40    Debate dos Espetáculos da Noite – Dança

    22h30    Premiação

    23h00    Show de Encerramento – Trem das Onze

Assessoria de Imprensa da Funesc